Tags

Audio & Vídeo

Testamos: por R$ 500, caixa de som Wonderboom 2 une qualidade de áudio a facilidade de uso

Créditos: Divulgação
11 março, 2020
Sérgio Vinícius

A Ultimate Ears Wonderboom 2 é ótima opção para quem quer gastar até R$ 500 em uma caixa de som portátil. Fácil de usar, o modelo Bluetooth é à prova d´água e à poeira, reproduz o áudio em 360 graus e oferece muita, mas muita qualidade de áudio – principalmente nos graves.

Leia mais:
Marília Mendonça e Post Malone são os artistas mais ouvidos no Spotify em 2019
As 100 melhores músicas desta década
Lily Allen, Gilberto Gil e mais: músicas que falam sobre tecnologia

Raio-X


Nome: Ultimate Ears Wonderboom 2
Nível máximo de som: 86 dBC (modo padrão) e 87 dBC (modo OUTDOOR BOOST)
Faixa de frequência: 75 Hz – 20 kHz
Drivers: dois drivers ativos de 40 mm e dois radiadores passivos de 46,1 mm x 65,2 mm.
Alimentação: bateria de íon de lítio recarregável com duração de até 13 horas entre cargas com micro USB
Tempo de carregamento: 2,6 horas (com adaptador compatível com BC1.2)
Recursos sem fio: conecta até 2 dispositivos de origem simultaneamente
Alcance móvel: 33 m
Dimensões: Altura (104 mm), diâmetro (95,3 mm), peso (420 g) (somente caixa de som)
Garantia: dois anos
Preço: R$ 500
Pontos positivos: fácil de usar, permite conectar duas Wonderboom 2 e amplificar o som, preço
Pontos negativos: volume máximo poderia ser maior, não permite carregamento na tomada, não é fácil encontrar no mercado

Durante os testes do 33Giga, um dos pontos que mais agradou a reportagem foi a facilidade de uso. São poucos botões que servem, basicamente, para parear o dispositivo, aumentar e diminuir o volume, ligar/ desligar a caixa.

Além deles, há ainda duas teclas que oferecem recursos extras bastante atrativos. Uma, que permite parear a caixa a outra Wonderboom 2, amplificando o som. A outra, que aciona o modo outdoor, que garante mais qualidade sonora em áreas abertas, como parques, quintais.

Ambos os recursos agradam e cumprem o que oferecem. Ao usar duas Wonderboom 2, elas dividem o som e permitem uma experiência mais viva, que funciona muito bem de acordo com o movimento do usuário. Em uma festa em casa, por exemplo, ele não perde qualidade ao andar. O problema está no volume. No máximo, poderia ser maior.

Aqui, é importante um aviso. O recurso de utilizar duas Wonderboom 2 ao mesmo tempo e em sincronia só é possível entre os mesmos modelos, não sendo compatível com outras caixas da marca.

Entre os pontos negativos da caixinha, há a falta da possibilidade de alimentá-la na tomada. Na caixa, há apenas um cabo USB-microUSB. Além disso, há certa demora para a carga total dela (por volta de 3 horas; sendo que entrega 13 horas em funcionamento).

Outro ponto negativo é que o modelo não está atualmente disponível na loja online da Logitech (empresa que detém a marca). Logo, não se sabe quanto tempo ela durará no mercado. Para adquiri-la, o interessado poderá recorrer a outros e-commerces como Amazon ou Kabum!.

Por fim, quando colocada lado a lado de suas principais concorrentes (as da JBL, em especial a JBL Link Music), a Wonderboom 2 começa em vantagem. Embora a qualidade sonora seja semelhante (além das características anti poeira e água), é bem mais barata.

Além disso, os produtos JBL são conhecidos por capricharem na obsolescência programada – três caixas de som da marca pertencentes à reportagem duraram cerca de 12 meses após a abertura da caixa, sem que seus usos passassem perto de danificá-las. As Wonderboom 2 foram somente avaliadas por 30 dias – logo, têm o benefício da dúvida quanto ao item durabilidade.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

No álbum, veja imagens da caixa de som Wonderboom 2:

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.