Tags

Dicas

Videochamada no WhatsApp é a nova farsa dos cibercriminosos

Créditos: Photo credit: portalgda via VisualHunt / CC BY-NC-SA

Embora já seja possível realizar chamadas de voz no WhatsApp, ainda não existe a possibilidade de efetuar videochamadas pelo aplicativo. Mas um grupo de cibercriminosos tem tentando aplicar um golpe, por meio de mensagens no Twitter, dizendo que é possível liberar a função no app de mensagens.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Quem descobriu a farsa foi a empresa ESET, especialista em soluções de segurança contra ameaças virtuais. Ela explica que a mensagem dos cibercriminosos convidava os internautas a acessarem um link, na promessa de ativar as videchamadas no WhatsApp. Após clicarem no endereço, ele direcionava para uma página que simulava a funcionalidade de um site legitimo, que obrigava os usuários a compartilharem a mensagem para os demais contatos.

Assim que os usuários compartilhavam a mensagem, uma notificação era exibida nos celulares, dizendo que o sistema do aparelho estava desatualizado e que só será possível ativar a videochamada para atualizá-lo. Após concluir essa suposta atualização, os usuários eram obrigados a digitar o número de seu celular, para ativar o recurso. Mas na verdade, o que as pessoas não sabiam, era que estavam ativando um serviço qualquer de SMS premium.

Essas mensagens são pagas e cobram dos usuários, ou enviam códigos maliciosos para instalar vírus nos celulares. Portanto, é preciso desconfiar dessas supostas novas funcionalidades do WhatsApp e de qualquer outro programa. O ideal é sempre verificar em veículos confiáveis, ou nos sites dos próprios desenvolvedores dos aplicativos, quais as novidades e funções das novas versões, para evitar qualquer fraude que possa ocorrer.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.