Tags

Desktop / Laptops

Testamos: teclado mecânico Logitech G PRO agrada gamers profissionais

Créditos: Divulgação/Reprodução

O teclado mecânico Logitech G PRO tem características que podem fazer muita diferença no dia a dia de gamers – é compacto, tem teclas dedicadas. Desenvolvido por e para profissionais do ramo, o modelo é encontrado na internet a partir de R$ 500.

Logitech G PRO

Ao abrir a caixa, o tamanho do Logitech G PRO chama a atenção: são apenas 36,1 centímetros de largura. O design compacto, sem teclas numéricas na lateral direita, foi adotado propositalmente para ocupar menos espaço nas mesas dos jogadores.

O tamanho do equipamento também agrada quem pretende transportá-lo com frequência, já que é possível guardá-lo facilmente em mochilas ou bolsas. Outro fator que facilita os deslocamentos é o cabo destacável com conexão de três pontas, que pode ser plugado e removido com bastante facilidade.

Raio-X


Nome: Logitech G PRO
Altura: 34 mm
Largura: 361 mm
Profundidade: 153 mm
Compatibilidade: Windows 7 ou superior/macOS 10.11 ou superior
O que anima: funcionalidades para gamers profissionais, tamanho compacto e teclas macias com respostas rápidas.
O que decepciona: layout segue o idioma inglês, teclas são barulhentas e teclado numérico pode fazer falta para alguns usuários.
Preço: a partir de R$ 500
Site oficial: aqui

Teclas e uso no dia a dia 

O Logitech G PRO é muito confortável tanto para jogatinas como para o uso no dia a dia. As teclas com switches GX Blue são macias e oferecem respostas rápidas e audíveis – assim como outros teclados mecânicos, o modelo é bem barulhento.

O botão de “Modo Jogo”, posicionado no canto superior direito, é outro diferencial bacana. Ao pressioná-lo, é possível bloquear algumas teclas durante as partidas. A funcionalidade é ideal para evitar possíveis problemas causados por toques acidentais.

Quem pretende utilizar o modelo tanto para jogar como para trabalhar ou estudar, por exemplo, deve saber que o layout do teclado é em estilo norte-americano. Isso significa que ele foi projetado para ser usado em inglês, e não em português (ABNT).

Ao escolher o idioma em inglês, a digitação segue exatamente o que é mostrado nas teclas. Caso deseje trocar o teclado do sistema operacional para português ABNT, o usuário precisa se preparar para adaptações.

Na linguagem brasileira, alguns comandos mudam totalmente. A tecla “;”, por exemplo, se transforma em “ç”. Além disso, é preciso aprender combinações para digitar sinais simples, como um ponto de interrogação (“Alt” + “FN” + “w” = “?”).

App e iluminação 

O teclado gamer da Logitech conta com um aplicativo bem útil e prático. Trata-se do Logitech G HUB, que pode ser baixado gratuitamente por meio do site oficial da marca.

Assim como o botão “Modo Gamer”, o software permite bloquear teclas específicas. Além disso, é possível montar perfis personalizados para diferentes tipos de uso, bem como customizar comandos e atalhos.

A tecnologia LIGHTSYNC RGB, que dá vida à iluminação do teclado, também é controlada pelo app. É possível usar configurações pré-programados ou explorar mais de 16 milhões de combinações de cores, criando padrões de acordo com o jogo, o áudio ou até o sistema operacional do computador.

 

 

 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.