Tags

Carros & Mobilidade

Os erros mais comuns na manutenção do carro

Créditos: DepositPhotos
24 outubro, 2023
Da Redação

33Giga e Niterra, multinacional japonesa detentora das marcas NGK e NTK, listam os três principais erros cometidos na manutenção do carro. Eles, além de aumentar os gastos com o veículo, tornam as condições de uso inseguras.

Quer saber tudo sobre Universo Sugar? Clique aqui e leia o e-book O Guia dos Sugar Daddy & Sugar Babies

Não realizar inspeção em pontos específicos

Na manutenção do carro, deixar de verificar regularmente aspectos críticos, como o nível de óleo do motor, fluido de arrefecimento e pneus, pode levar a problemas inesperados. Estes pontos são de fácil inspeção e podem ser realizados pelo próprio consumidor ou mecânico.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Desconsiderar o tempo como critério de revisão

Ignorar os prazos de revisão estabelecidos no manual do veículo, especialmente em condições de uso irregulares ou em distâncias curtas, pode resultar em falhas graves na manutenção do carro.

Alguns itens, como óleo de motor, fluido de freio, fluido de arrefecimento (radiador) e até mesmo algumas correias dentadas, possuem uma recomendação de troca por prazo além da quilometragem, nos casos em que o consumidor “roda pouco com o carro”.

Não levar em conta condições de uso severo

Não considerar o trânsito intenso, falta de uso do veículo, utilização em estradas com muito pó, entre outras condições estabelecidas pelas montadoras, prejudica a manutenção do veículo. Embora críticas, muitas vezes essas condições são consideradas comuns pelos motoristas por serem cotidianas.

A fim de evitar essas falhas, o motorista deve estabelecer um dia específico na semana para realizar inspeções básicas do nível de óleo do motor, nível de fluido de arrefecimento, calibragem e desgaste dos pneus, bem como completar o nível de combustível e verificar o funcionamento das lâmpadas do veículo.

“É importante estar atento aos indicativos do painel de instrumentos do carro sobre o momento certo para fazer a revisão. Alguns automóveis já possuem essa informação no painel e, no caso dos veículos que não contam com essa função, vale ter um lembrete para não perder o prazo”, recomenda Hiromori Mori, consultor de assistência técnica da Niterra do Brasil. “É possível otimizar a etiqueta de troca de óleo e marcar essa informação para a próxima revisão.”

Situações como ruídos incomuns, comportamentos anormais ou aumento do consumo de combustível também funcionam como sinais da necessidade de manutenção.“Em casos como esses ou outras dificuldades, procure o seu mecânico de confiança”, destaca Mori.

Para além dos pontos levantados, veículos com a manutenção em dia também colaboram com questões ambientais.

“Componentes como velas e bobinas de ignição e sensores de oxigênio contribuem para a redução do consumo de combustível e da emissão de poluentes. Como o custo do combustível está muito elevado, o aumento do consumo representa um gasto maior com combustível”, afirma Mori. “Por isso, é preciso estar alerta a manutenção desses componentes.”

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.