Tags

Notícias

Fundação Grupo Volkswagen lança guia gratuito para letramento de organizações comunitárias

Créditos: Divulgação / Fundação Grupo Volkswagen

A Fundação Grupo Volkswagen ― instituição que realiza e apoia ações de mobilidade social por meio do investimento em iniciativas e organizações que desenvolvem comunidades e fortalecem o protagonismo dos cidadãos ― realizou, na última terça-feira (27), o evento “Somos + Solidariedade”, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de São Bernardo do Campo (SP). O encontro aconteceu na Fábrica Anchieta, da Volkswagen do Brasil, e contou com a participação de mais de 50 organizações sociais cadastradas no Fundo Social de Solidariedade de SBC.

Quer saber tudo sobre Universo Sugar? Clique aqui e compre o e-book O Guia dos Sugar Daddy & Sugar Babies por apenas R$ 10

O evento marcou o lançamento do “Guia para Letramento e Desenvolvimento de Políticas de Diversidade em Organizações Sociais de Base Comunitária”, idealizado e desenvolvido pela Fundação, em parceria com o Instituto Diverse. O material tem o intuito de trazer informações, promover reflexões e propor caminhos para que as organizações do terceiro setor se tornem mais democráticas e diversas, contribuindo para a redução da discriminação e para a promoção da diversidade na região em que atuam.

A agenda contou, ainda, com uma atividade formativa sobre como implantar, na prática, as sugestões contidas no Guia e também com uma oficina sobre a elaboração de projetos sociais para editais de fomento. Nos últimos anos, a Fundação vem publicando editais que já direcionaram mais de R$ 4 milhões a organizações sociais nas cidades com plantas e unidades de negócio do Grupo Volkswagen: Resende (RJ), Salvador (BA), São Bernardo do Campo (SP), São Carlos (SP), São José dos Pinhais (PR), São Paulo (SP), Taubaté (SP) e Vinhedo (SP).

“Na Fundação, acreditamos que a redução das desigualdades depende da valorização genuína da diversidade e da implementação de iniciativas concretas para promover a inclusão com equidade. A diversidade, a equidade e a inclusão são princípios fundamentais que orientam nossas decisões e direcionam nossas ações, programas, projetos, apoios e patrocínios. Com este Guia, esperamos estimular o letramento das equipes das organizações sociais de base comunitária e de todas as pessoas interessadas no tema da diversidade”, afirma Douglas Pereira, Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Grupo Volkswagen.

Mais sobre o Guia de Diversidade 

De acordo com Vitor Hugo Neia, Diretor-Superintendente e de Relações Institucionais da Fundação Grupo Volkswagen, o guia foi idealizado ao observar as organizações sociais comunitárias próximas às unidades de negócio do Grupo Volkswagen, em várias regiões do Brasil, analisando suas interações com grupos discriminados da comunidade. As organizações sociais de base comunitária, que atuam em territórios vulneráveis, lidam diretamente com a diversidade, abordando questões de gênero, raça, diversidade sexual, idade, deficiências, entre tantas outras, que, transversalmente, trazem marcadores socioeconômicos que acentuam desigualdades, exclusões e preconceitos.  

“O Guia de Diversidade é o resultado de um trabalho colaborativo e dedicado para promover uma comunicação mais inclusiva e respeitosa, estimular a contratação de equipes mais diversas pelas próprias organizações e, sobretudo, inspirar ações concretas na ponta, em benefício das comunidades. Esperamos que ele seja uma ferramenta valiosa e crie ambientes mais acolhedores, produtivos e igualitários”, comenta Neia.  

Tendo como objetivo principal incentivar as pessoas a se envolverem em processos de mudança necessários para criar ambientes mais inclusivos e diversos, o documento aborda quatro aspectos fundamentais: visibilidade e valorização da diversidade; consciência sobre nossos comportamentos (incluindo vieses conscientes e inconscientes); informações sintéticas sobre teorias e termos relacionados ao tema; e apresentação de dicas e modelos de práticas para iniciar um trabalho voltado à promoção da diversidade, equidade e inclusão.  

Para Maria Letícia Puglisi Munhoz, Diretora Executiva do Instituto Diverse, isso implica participar de uma grande transformação, que começa com uma nova perspectiva sobre as características históricas, culturais, físicas, subjetivas e comportamentais do ser humano contemporâneo, além de uma nova abordagem na gestão das organizações, baseada no novo paradigma da cultura da diversidade.  

Reavaliando conceitos e superando desafios 

Na essência desse novo paradigma está a quebra da “cultura dos iguais”, na qual a noção de que quanto mais nos assemelharmos a um padrão de ser humano, mais “normais” e felizes seremos. O documento ainda propõe uma reavaliação profunda desse conceito, priorizando não apenas a igualdade superficial, mas a equidade genuína.  

“Muitas empresas e organizações sociais, mesmo sem perceber, mantêm práticas e comportamentos enraizados culturalmente, que perpetuam a discriminação e a exclusão, contribuindo para a desigualdade social. O Guia de Diversidade auxilia no combate ao preconceito e à discriminação institucional, permitindo que as organizações mudem sua perspectiva e promovam experiências sociais mais saudáveis para todas as pessoas”, finaliza Munhoz.  

Para conferir o guia na íntegra, clique aqui.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.