Tags

Gadgets

Testamos: Haylou Solar Lite entrega 3 semanas de bateria por R$114

Smartwatches são uma ótima ferramenta para monitorar batimentos cardíacos, checar notificações e usar durante a prática de esportes. Esses dispositivos contam com diversas funcionalidades que ajudam a cuidar da saúde e se manter atualizado no dia a dia. Uma das opções para quem busca um relógio com bom custo-benefício é o Haylou Solar Lite. O aparelho conta com bateria de 240mAh, que dura aproximadamente três semanas, uma tela grande e muitos recursos por R$ 114. Neste teste, descubra o que o 33Giga achou do item.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Haylou Solar Lite

Para um relógio de entrada, o Haylou Solar Lite entrega bem aquilo que promete. O dispositivo conta com uma tela grande e redonda de 1.38″, que facilita na hora de navegar pela interface. As cores são bem vivas e brilhantes, tendo mais de 100 possibilidades de personalização do tema do aparelho – disponíveis no aplicativo Haylou Fun.

Um ponto do smartwatch que surpreendeu a reportagem foi a bateria. Com 240mAh, não se esperava tanto da duração do Haylou Solar Lite sem uma recarga extra. Entretanto, intercalando entre o modo de utilização diária (conectado no Bluetooth e realizando 1h de exercícios físicos) com o uso básico (funcionando como um relógio comum que monitora batimentos cardíacos e gasto calórico), o relógio durou 21 dias até precisar ser recarregado.

Sobre os exercícios físicos, o dispositivo conta com 100 modos de treino, conseguindo registrar os movimentos durante as práticas. Durante o teste, o smartwatch foi utilizado em treinos de musculação, ioga, corrida interna (na esteira) e ao ar livre. Nesses momentos de atividade física mais intensa (corrida), o sensor de batimentos cardíacos e o monitor de calorias funcionaram bem – tendo leves diferenças no valor, quando comparado com a esteira ou aplicativos de corrida (neste caso, o Adidas Running). No exercício ao ar livre, o GPS operou muito bem também.

Por outro lado, nos momentos de menos intensidade ou até durante o trabalho, o sensor de batimentos cardíacos tinha um pouco mais de problema para engrenar, e o contador de calorias também. Uma ferramenta que funcionou bem até demais foi a de passos dados. Não se sabe se esse sensor é muito sensível ou se a reportagem realmente conseguiu bater 10 a 12 mil passos durante alguns dias, mas pareceu um pouco exagerado.

Uma questão negativa, por parte da reportagem, é a necessidade de ter um aplicativo só para esse dispositivo. Apesar de o Haylou Fun ser um app para todos os smartwatches da marca, este só serve para configurar o relógio e checar algumas informações gravadas pelo aparelho. Por sinal, durante o teste, o 33Giga teve um problema em que o relógio foi desconectado do aplicativo do nada e precisou fazer toda a configuração novamente – o que fez com que o app perdesse todas as informações anteriores a essa data.

Já uma ferramenta interessante do Haylou Solar Lite é a “Saúde Feminina”. Nessa área, as pessoas que menstruam conseguem colocar dados sobre ciclos anteriores, e o relógio irá alertá-las quando a menstruação ou ovulação estiverem chegando. Além disso, o usuário pode adicionar sintomas para ter um registro mais completo daquele período.

Outras funcionalidades do smartwatch incluem detector de stress – que conta com um modo para treinar a respiração; monitoramento do oxigênio no sangue; acompanhamento e registro do sono – checando duração, profundidade e REM do usuário. O relógio ainda conta com recebedor de chamadas e mensagens, que funcionou muito bem ao longo do teste. A sincronização do clima, por outro lado, não foi concluída em nenhuma das duas tentativas de cadastro.

Além disso, o dispositivo tem classificação IP68 à prova d’água. Com isso, pode ser exposto ao suor, durante os treinos, e utilizado enquanto se lava as mãos ou em dias de chuva. Contudo, o aparelho não deve ser usado para nadar, tomar banho ou surfar, para não ser danificado.

Por fim, falando um pouco sobre o conforto do modelo, a reportagem não estava muito acostumada a relógios, então estranhou o dispositivo num primeiro momento. Para pessoas com um pulso mais fino, como é o caso desta que escreve, pode ser que o relógio incomode um pouco no começo, já que a tela é grande e se torna um peso a mais nos treinos, por exemplo.

Entretanto, é até bem fácil de se adaptar. O único porém é o formato da pulseira, que conta com uma entrada para encaixar o que ficou sobrando depois de fechá-la. Isso pode machucar um pouco ou precisar de um ajuste.

No geral, é um ótimo relógio de entrada que entrega aquilo que promete. Tem um bom custo-benefício, bateria duradoura e muitas funcionalidades interessantes. Apesar disso, a necessidade de um aplicativo, a imprecisão de alguns sensores e a pulseira podem tirar alguns pontos desse smartwatch.

Raio-x do Haylou Solar Lite

  • Tela: 1,38 polegadas
  • Tecnologia de conexão: Bluetooth
  • Peso do produto: 49 g (incluindo a correia)
  • Bateria: 240 mAh
  • Classificação de impermeabilidade: IP68
  • Dimensões: 4,6 x 4,6 x 0,99 cm
  • Requisitos do dispositivo: Android 6.0 + / iOS 9.0+
  • Site da marca: https://haylou.info/pt/
  • Loja oficial: aqui
  • Preço: de R$ 270 por R$ 114

Veja detalhes do Haylou Solar Lite:

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.