Tags

Dicas

4 hábitos que prejudicam a bateria do seu celular

Créditos: DepositPhotos
14 setembro, 2023
Da Redação

*Por Tatiany Martins // É comum ficar na mão ao perceber que o celular está prestes a descarregar. Se nenhum amigo estava por perto para emprestar o tão amado carregador, a situação se torna ainda mais frustrante.

Quer saber tudo sobre Universo Sugar? Clique aqui e leia o e-book O Guia dos Sugar Daddy & Sugar Babies

Hoje, não tem como negar que a saúde da bateria é uma das grandes preocupações da maioria das pessoas que depende do queridinho eletrônico para realizar tarefas que envolvem desde o trabalho à organização da rotina de casa.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Isso porque, com o passar do tempo, o componente perde parte da sua capacidade. Assim, é natural que forneça menos energia e, consequentemente, dure menos tempo.

Ainda que existam disputas entre grandes fabricantes acerca da vida útil e da duração da bateria em seus aparelhos, quase todos enfrentam esse mesmo problema com o decorrer do uso.

No entanto, existem alguns hábitos comuns que ajudam a acelerar esse processo e prejudicar o desempenho do dispositivo. Então, para manter a saúde da bateria em alta, evite os seguintes comportamentos.

Tela no brilho máximo

O consumo da bateria também está muito relacionado ao brilho da tela. Quanto mais intenso, maior o uso da carga. Por isso, reduzi-lo sempre que possível ou utilizar a função de brilho adaptável à luminosidade do ambiente garante mais fôlego ao componente.

GPS sempre ativado

É interessante desativar o GPS quando os aplicativos que necessitam dessa função não estiverem em uso. Ferramentas que utilizam o serviço de localização em tempo real demandam muito consumo da bateria.

Programas em segundo plano

Vários apps têm funções de monitorar ou controlar atividades em segundo plano, ou seja, continuam funcionando mesmo que o celular esteja parado, permitindo, por exemplo, o recebimento de notificações.

Portanto, necessitam de mais energia para funcionar. Para amenizar essa questão, os usuários podem recorrer ao modo de economia de bateria, que realiza uma série de mudanças no celular para que a carga dure mais tempo.

Sons e vibrações em excesso

Os sons que o aparelho reproduz, o volume usado para ouvir música e as vibrações a cada notificação também exigem muito da bateria. Nesses casos, as soluções são silenciar o aparelho, e se for o caso, usar fones de ouvido e desativar o modo vibração de determinados aplicativos.

*Tatiany Martins é diretora comercial da Pitzi, empresa que oferece proteção e seguro para smartphones no em parceria com varejistas e fabricantes. 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.