Tags

Apps & Software

Audible Brasil: serviço de audiolivros da Amazon vale a pena?

Créditos: Depositphotos
21 fevereiro, 2024
Marcella Blass

Audible Brasil é o serviço de assinaturas de audiolivros da Amazon no país. Lançada em outubro, a plataforma chegou para turbinar o mercado, que já vinha ganhando os holofotes com a atuação de nomes como Storytel, Tocalivros e Ubook.

Por R$ 19,90 mensais (após 30 dias de teste grátis), é possível ter acesso a uma biblioteca com mais de 100 mil livros em diversos idiomas (sendo cerca de 4 mil em Português). Vale destacar que quem é membro Amazon Prime tem três meses de acesso gratuito, período mais do que suficiente para ouvir dezenas de livros.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Devo assinar?

Antes de tomar uma decisão, é importante entender o que está incluso na assinatura da Audible Brasil – além do catálogo gigantesco. O primeiro ponto nesse sentido é a possibilidade de escutar audiolivros em diversos dispositivos, como smartphones e tablets (Android e iOS), computadores, Smart TVs, e todos os aparelhos Amazon Echo, com auxílio da Alexa.

É possível também baixar os arquivos de áudio da biblioteca para ouví-los offline, sem precisar gastar dados móveis quando se está fora de casa, por exemplo. Somado a isso, os assinantes têm 30% de desconto na compra de audiolivros do catálogo adicional da Audible.

Por fim, embora a operação no Brasil seja recente, a interface do aplicativo da Audible (já consolidada em outros países) não dá dor de cabeça. É verdade que alguns recursos ainda falham – em especial na área Descobrir –, mas nada que atrapalhe a proposta principal do serviço, que é a reprodução de audiolivros.

O catálogo é bom?

A biblioteca em português é o grande trunfo da Audible Brasil. Ela é bastante completa e capaz de satisfazer leitores (ops, ouvintes) dos mais variados perfis. Entre as categorias disponíveis, destacam-se Adolescentes e Jovens Adultos; Biografias e Memórias; Ficção Científica e Fantasia; Literatura e Ficção; Mistério, Intriga e Suspense; Religião e Espiritualidade; Romance; e Saúde e Bem-Estar.

O acervo também é diverso do ponto de vista dos títulos em si, mesclando clássicos, best-sellers e lançamentos. É possível, por exemplo, ouvir obras atemporais como “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, e “O Morro dos Ventos Uivantes”, de Emily Brontë. Ou mesmo sucessos das últimas décadas, como “As Coisas que Perdemos no Fogo”, de Mariana Enriquez, “A Mulher em Mim”, biografia de Britney Spears, e a saga completa de “Harry Potter”, de J.K. Rowling.

Outra das características mais interessantes da Audible Brasil é o fato de diversos dos livros nacionais serem narrados pelos próprios autores. Enquanto isso, os títulos clássicos e os internacionais ganham vida com vozes famosas.

“Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, é narrado pela atriz, produtora e cronista Denise Fraga. “Um Teto Todo Seu”, de Virginia Woolf, é interpretado pela atriz e cantora Clarice Falcão. Já “Minha História”, biografia de Michelle Obama, tem a voz da jornalista e apresentadora Maju Coutinho. Outros grandes nomes como Ícaro Silva, Bianca Bin, Maitê Proença, Maria Ribeiro, Nathalia Dill e Otávio Muller também estão presentes.

Audible Brasil vale a pena?

A resposta para essa pergunta está diretamente relacionada a outra questão simples: o quão familiarizado você está com conteúdos em áudio? Para quem já consome mídias como o podcast, embarcar no universo dos audiolivros tende a ser bastante natural e confortável. Agora, para quem nunca foi além da leitura tradicional (seja física, seja digital), provavelmente será necessário um processo de adaptação com o formato.

Uma boa ideia é começar por um livro que você já leu. Isso porque a familiaridade com a história pode ajudar a se acostumar com o formato. O narrador também pode ser ponto determinante, caso você não simpatize com o tom de voz ou o ritmo de leitura e interpretação. Aqui, a dica é usar e abusar do recurso de Amostra, presente em todos os audiolivros da plataforma.

Dito isso, o resumo é o seguinte: mesmo que R$ 19,90 seja um preço honesto para o serviço, só valerá à pena se o usuário realmente desfrutar do catálogo. Por isso, o período de teste gratuito é uma excelente oportunidade para descobrir se essa mídia é para você.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.