Tags

Apps & Software

Vício no celular: como isso afeta sua saúde mental

Créditos: Imagem de Mediamodifier por Pixabay

O vício no celular já faz parte da rotina do brasileiro. Isso se agravou ainda mais na pandemia, visto que o smartphone foi considerado o melhor amigo de muitos, em um cenário de isolamento no qual a tela pôde levar as pessoas para fora de quatro paredes.

Leia mais:
Aprenda a publicar foto no Instagram pelo PC
Os 50 brasileiros mais seguidos do Instagram
Passo a passo: aprenda a excluir mensagem no Instagram

A população brasileira está entre as que mais passam tempo no smartphone – cerca de 4,2 horas por dia, de acordo com uma pesquisa da Kantar. Isso, claro, pode resultar em vício no celular.

Atualmente, é possível delimitar um tempo de uso diário para acessar as redes sociais, como no Instagram. Além de outros apps que monitoram o tempo de uso, que ajudam a ter um comparativo se está aumentando ou diminuindo o tempo de uso das redes.

A partir disso, é possível ter um parâmetro se há exagero ou não na usabilidade.

“É importante dizer que a questão não é deixar de usar as redes sociais, elas também têm pontos positivos, como: nos aproximar de pessoas que gostamos e encurtar distâncias, principalmente neste momento que a sociedade atravessa, de pandemia, porém, é fundamental usar com moderação”, finaliza o psicólogo.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.