Tags

Notícias

Uber lança recurso de análise de selfies para identificar seus motoristas

Créditos: Divulgação
27 setembro, 2016
Marcella Blass

Os aplicativos de transporte individual urbano não são tão impecáveis quando o assunto é segurança de seus usuários. De olho nisso, para tentar aprimorar essa parte do seu serviço, o aplicativo Uber anunciou um sistema de reconhecimento que exige que os motoristas se identifiquem por meio de selfies antes de aceitar uma nova corrida.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

real_time_id_check_frame_1080-1Batizado de Real-Time ID Check, o sistema é baseado na tecnologia de análise cognitiva da Microsoft que, em poucos segundos, analisa uma selfie tirada pelo motorista e a compara com uma foto do banco de dados da Uber. De acordo com Joe Sullivan, diretor de segurança do Uber, essa é uma forma de garantir que quem está dirigindo o veículo é mesmo a pessoa que fez o cadastro.

Na prática, o motorista terá que fazer os autorretratos antes de aceitar as corridas – em uma periodicidade ainda não informada pela Uber. Se as fotos combinares, o condutor pode seguir ao encontro de seu passageiro, caso contrário, a conta será bloqueada para que a empresa possa analisar a compatibilidade das imagens. Sullivan comenta que boa parte das incompatibilidades que já aconteceram se deram por conta da falta de clareza das fotos de perfil cadastradas.

A nova estratégia, além de garantir maior segurança para os passageiros, também deixa claro que a Uber sabe e trabalha para combater o compartilhamento de contas com motoristas não cadastrados na plataforma. Até o momento, a funcionalidade está liberada apenas nos Estados Unidos e não há previsão para chegar ao resto do mundo.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.