Tags

Dicas

Tinder, Line e até Spotify: descubra quais aplicativos são os vilões do Android

8 fevereiro, 2017
Bianca Bellucci

O Pokémon GO precisa somente de duas horas e quarenta minutos para esgotar por completo a bateria de um Samsung Galaxy S6. Porém, segundo a empresa de antivírus Avast, ele não está entre os aplicativos que mais consomem a carga, o espaço de armazenamento e a tarifa de dados de um Android. A seguir, você confere quais são os 10 maiores vilões da vida útil dos celulares.

Vale ressaltar que a Avast testou os 50 apps mais baixados da Google Play nos smartphones mais populares de 2016. Para ver a pesquisa completa e em inglês, clique aqui.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

1. Snapchat
Rede social queridinha dos mais jovens, o Snapchat permite enviar fotos, vídeos e mensagens que se autodestroem após certo tempo. Porém, os usuários que querem poupar sua bateria, devem evitar esse aplicativo. Isso porque ele apresentou o pior desempenho entre os testados pela Avast. Ele não só consome a bateria, como também abocanha um bom espaço do armazenamento e consome os dados móveis.

2. Spotify
Embora o streaming de músicas não apresente um consumo irregular da bateria, o Spotify ganha a medalha de prata por causa do espaço ocupado pelas faixas baixadas. Sem contar que este aplicativo pode devorar rapidamente a tarifa de dados quando não se utiliza uma rede Wi-Fi para ouvir suas playlists.

3. Wattpad
O Wattpad serve como ponto de encontro entre escritores e leitores. Qualquer usuário pode publicar suas próprias histórias ou ler conteúdos independentes. O motivo para o aplicativo aparecer na terceira posição é que ele possui um sistema de notificações que consome boa parte da bateria. Toda vez que pinta uma novidade, os usuários recebem avisos. E isso se repete várias vezes ao longo do dia.

4. Line
O Line é uma alternativa japonesa ao WhatsApp e Telegram. Bem mais popular na terra do Naruto do que pelo mundo a fora, o aplicativo apresenta um grande defeito em relação a seus concorrentes: suga muito mais recursos quando executado em celulares e tablets. Se você é usuário do app e não quer abrir mão, saiba que existe uma versão lite para Android. Clique aqui para fazer o download.

5. Amazon Shopping
Com as vendas via mobile aumentando cada vez mais, cresce também a procura por aplicativos dedicados a certas companhias. O problema é quando essas empresas apostam em um programa pesado e nem um pouco funcional para os usuários. Um dos exemplos é o Amazon Shopping, que ocupa o quinto lugar no ranking da Avast.

6. Tinder
O aplicativo de paquera é conhecido por ser bem instável. Vira e mexe os usuários sofrem com problemas de conexão (se você se encontra nesta situação, clique aqui e veja como reconectar seu Tinder). Apesar das falhas, essa é a primeira vez que o app aparece no relatório da Avast. De acordo com a empresa de antivírus, a entrada do Tinder se deve a alguma atualização mais recentes.

7. SmartNews
A própria proposta do SmartNews é a razão para que ele tenha um lugar na lista. O aplicativo agrupa uma série de sites de notícias. Entre eles: NBC News, USA Today, Time, TechCrunch, The Huffington Post, The Verge, VICE e Reuters. Assim, para entregar essa quantidade de conteúdo, o app também precisa consumir uma boa parte da bateria, armazenamento e dados do celular.

8. Clean Master
Um dos aplicativos mais recomendados para liberar espaço em smartphones Android, Clean Master elimina os vírus e protege o celular de certas vulnerabilidades. No entanto, o consumo de dados que o programa precisa para realizar seu trabalho é alto. Uma boa solução para poupar sua bateria é usar a versão lite do app. Clique aqui e saiba mais.

9. Planilhas do Google
Durante os testes, a Avast se surpreendeu com a demora do aplicativo para mostrar uma simples planilha e como o celular esquentava para editar os arquivos armazenados no programa do Google. Vale destacar que, assim como o Tinder, essa também foi a primeira vez que o app aparece na lista.

10. The Guardian
A razão para o aplicativo do jornal britânico The Guardian estar na lista da Avast é simples: a quantidade de conteúdo oferecido. Podcasts, vídeos, alertas de notícias, configuração de seções favoritas e outras características fazem com que o conteúdo seja bem completo, mas também bem pesado.

Informativo

Cadastre-se e receba com exclusividade nossos conteúdo.