Tags

Audio & Vídeo

Testamos: Smart TV Britânia de 55 polegadas agrada por qualidade de imagem

Créditos: Divulgação/Britânia
4 novembro, 2021
Bianca Bellucci

A Britânia, mais conhecida pela comercialização de eletrodomésticos, entrou para o mercado de televisões em abril deste ano. À época, a marca anunciou a fabricação de quatro modelos, sendo o tamanho da tela o maior diferencial entre eles. Um destes aparelhos foi enviado para testes. É a Smart TV Britânia de 55 polegadas – BTV55Q20N5SBL –, que tem preço sugerido de R$ 4.999,90.

Leia mais:
Como calcular a distância da TV para não ter problema de vista
Saiba como proteger uma Smart TV contra ataques de cibercriminosos

À primeira vista, a Smart TV Britânia agrada pelo design. A tela é infinita, com espessura fina (9 cm) e pés de apoio elegantes – caso não queira fixá-la na parede. O controle, no entanto, não acompanha essa modernidade. Ele lembra modelos antigos, tendo 21,5 cm de comprimento e várias funções. Pilhas não estão inclusas.

A experiência negativa se estende para os fios que acompanham o pacote. O cabo de alimentação é relativamente pequeno, com pouco mais de 1,3 m – o que pode ser problemático na hora da instalação. Já o fio RCA é praticamente inútil, pois tem apenas 16 cm.

A conexão Wi-Fi, por sua vez, é rápida e didática. Ao ligar a Smart TV Britânia de 55 polegadas pela primeira vez, um passo a passo aparece na tela. Basta segui-lo para, em menos de 5 minutos, o aparelho estar apto para uso.

Raio-X


Nome: Smart TV Britânia BTV55Q20N5SBL
Sistema operacional: Linux
Tela: 55 polegadas
Conexão: 4 entradas HDMI (3 normais + 1 ARC), 1 entrada USB 2.0, 1 entrada USB 3.0, 1 entrada S/PDIF out Optical, 1 entrada Ethernet, 1 entrada RF para TV aberta e à cabo, Wi-Fi
Dimensões (LxAxP): 123 x 70,60 x 9 cm
Peso: 10,64 quilos
O que anima: design elegante, fácil instalação e conexão Wi-Fi, boa qualidade de imagem
O que decepciona: controle grande, volume do áudio oscila, não tem tantos aplicativos
Preço: R$ 4.999,90
Site oficial: https://bit.ly/3w9Xfks

Quando o assunto é desempenho, as tecnologias HDR10 e GPU Triple Core entregam boa resolução, com imagens nítidas e cores vibrantes. Obviamente, a definição vai depender do conteúdo assistido. Não dá para esperar muito de uma novela dos anos 2000, como “O Clone”, mas “Cowboy Bebop”, anime remasterizado pela Netflix, enche os olhos. É válido ressaltar também que o aparelho tem suporte para 4K.

O áudio da Smart TV Britânia de 55 polegadas, contudo, pode incomodar. Apesar da boa qualidade e reprodução limpa – fruto do sistema Dolby Audio –, o volume oscila. O produto é daquele tipo que oferece comerciais e efeitos sonoros muito altos e diálogos baixos. Sem contar que a reprodução se modifica a cada troca de canal. Não há uma equalização.

Ainda é importante destacar que a televisão oferece algumas personalizações de áudio e imagem, como a Função Futebol. Na prática, as mudanças são muito sutis.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

A maior decepção da Smart TV Britânia, porém, é a oferta de aplicativos. O aparelho vem com Netflix, Amazon Prime Video, Globoplay, YouTube e Deezer. Pela loja, é possível encontrar mais 20 opções, mas todas de pouca relevância. Serviços queridinhos do público brasileiro, a exemplo de Spotify, HBO Max e Disney+, não estão disponíveis.

O sistema operacional Linux é simples de usar e os comandos via controle são atendidos com facilidade – desde que o acessório esteja devidamente apontado para o sensor. A televisão não tem suporte a assistentes de voz. Entretanto, é possível espelhar celulares Android com a função Mídia Cast.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para e suas questões podem ser respondidas

Na galeria, veja imagens da Smart TV Britânia (BTV55Q20N5SBL):

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.