Divulgação
Testamos: Moto G6 é o celular para quem precisa de um belo conjunto de câmeras para arrasar nas redes sociais Testamos: Moto G6 é o celular para quem precisa de um belo conjunto de câmeras para arrasar nas redes sociais

Em 2018, a Motorola apresentou três novos celulares da linha Moto G para o mercado. São eles: Moto G6 Play, Moto G6 e Moto G6 Plus. O 33Giga já testou o smartphone mais sofisticado entre eles (clique aqui para conferir a avaliação do Moto G6 Plus) e, agora, traz os principais insights do modelo intermediário, o Moto G6.

O celular emprestado para o 33Giga tinha tela de 5,7 polegadas com resolução Full HD+, 32 GB de armazenamento, 3 GB de memória RAM e processador Octa-Core de 1.8 GHz, além de um potente conjunto de câmeras. Tudo pelo preço sugerido de R$ 1.399.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Raio-X


Nome: Moto G6
Marca: Motorola
Sistema operacional: Android 8.0 Oreo
Cartão SIM: Dual Chip Inteligente (nano SIM)
Tela: 5,7 polegadas
Memórias (armazenamento e RAM): 32 GB e 3 GB
Processador: Octa-Core de 1.8 GHz
Câmera (dupla traseira + frontal): 12 e 5 megapixels + 8 megapixels
Dimensões (L x A x P): 7,23 x 15,38 x 0,83 cm
Peso: 162,5 gramas
O que anima: câmeras eficientes e cheias de recursos, bom conjunto de vídeo e áudio, bateria potente, gestos de comando, poucos apps instalados
O que decepciona: só está disponível em uma cor, lombada da câmera descasca com facilidade
Preço sugerido: R$ 1.399
Site: www.motorola.com.br/moto-g6/p

Conjunto de câmeras

A Motorola vende as câmeras digitais como principal diferencial do Moto G6. De fato, os recursos não decepcionam e vão agradar bastante quem curte documentar sua vida nas redes sociais.

A parte traseira tem duas câmeras, sendo uma com 12 megapixels e outra de 5 megapixels. Muito além de conseguir capturas nítidas, é possível aplicar uma série de ações. Para as fotos, você pode fazer imagens panorâmicas, com fundo desfocado, com uma cor em destaque, e aplicar efeitos à la Snapchat. Já para os vídeos, além dos filtros, existe o modo câmera lenta e o time-lapse.

A câmera frontal possui 8 megapixels e também apresenta alguns recursos presentes na dupla: efeitos animados para fotos e vídeos, além de gravações com câmera lenta e time-lapse. O diferencial fica para a função “Selfie em grupo”, que promete incluir todos os amigos na imagem, mas, na prática, acaba sendo apenas uma versão de panorâmica.

Tirando a função “Selfie em grupo” da câmera frontal, que você terá um pouco mais de trabalho para usar e só sairá perfeita com a colaboração dos coleguinhas, todos os outros recursos são bem eficientes. E podem contribuir, sim, para você ter um Instagram mais caprichado.

Outros recursos que valem destaque

Como uma opção de celular intermediário para quem adora consumir multimídia, Moto G6 vem com um ótimo conjunto de vídeo e áudio para você assistir a conteúdos no YouTube ou séries na Netflix.

A tela de 5,7 polegadas exibe imagens supernítidas e coloridas. Por exemplo, todas as luzes de LED, os brilhos e efeitos especiais do videoclipe de “Chun-Li”, de Nicki Minaj, ganharam ainda mais destaque no smartphone da Motorola. E o áudio entra para melhorar a experiência, com graves reforçados e som claro. Isso tanto no estéreo quanto no fone de ouvido, que tem cabo tipo flat (não enrola) e três tamanhos de borracha.

Já que a ideia é passar horas no mobile, vale citar o desempenho da bateria para os momentos de lazer. Nos testes do 33Giga, um filme de duas horas comeu 15% da carga. Mesmo assim, o Moto G6 aguentou ficar longe da tomada por 24 horas. Ainda é importante destacar que ele vem com carregamento TurboPower, que promete 6 horas de uso após 15 minutos plugado na energia elétrica.

Os fãs de games também encontram no Moto G6 um aliado. Jogos que exigem bastante dos gestos, como Subway Surfers e Super Mario Run, apresentam bom desempenho, sem engasgar durante as partidas.

E, por falar em gestos, o Moto G6 vem com vários comandos. Além da biometria para desbloquear e bloquear o telefone (basta encostar no botão Home com qualquer dedo para travá-lo), é possível navegar por apps com apenas um deslize, acionar a lanterna agitando duas vezes o celular, fazer captura de tela pressionando as pontas dos dedos, e muito mais. Tudo bem eficiente.

Detalhes sobre o design

Não bastasse o bom desempenho, o Moto G6 ainda vem com um design bonito. Com acabamento traseiro em vidro 3D, o celular se encaixa bem às mãos, podendo ser usado com conforto em longas chamadas ou maratonas de séries.

Só que o smartphone tem dois probleminhas. Primeiramente, a cor. Ele só está disponível em índigo, uma tonalidade de azul. Quem opta por mais armazenamento, entretanto, encontra um modelo de 64 GB também na cor rosé. O outro ponto negativo é um tantinho mais complicado. O Moto G6 tem a lombada da câmera saltada e, fora da capinha que vem no kit, descasca facilmente, deixando um aspecto de malcuidado e estragando toda sua beleza.

Ainda falando de design, quando o assunto é interface do sistema operacional, a Motorola é mestre em não encher o celular com aplicativos desnecessários. Apenas o pacote do Google e programas nativos básicos estão instalados. Nem mesmo as redes sociais mais tradicionais, como Facebook e Instagram, já vêm de fábrica.

Leia mais
Guia de Compras: Por que é tão difícil escolher smartphone no Brasil?
Vai trocar de celular? Confira todos os modelos vendidos no Brasil
Do StarTAC ao Moto X: Relembre alguns celulares icônicos da Motorola

No álbum, confira outros testes realizados pela equipe do 33Giga:

 
 
  • Sony_Xperia XZ2_Preto
  • Fone JBL T450BT. O teste completo em https://wp.me/p7AVMp-eKM
  • Testamos: por R$ 330, caixa de som Pulse é resistente à água e dura mais de cinco horas
<
>
Menu