Divulgação
Testamos: bem comum, Moto G7 tem tela incrível e custa R$ 1.600 Testamos: bem comum, Moto G7 tem tela incrível e custa R$ 1.600

Recentemente, a Motorola lançou mais uma família de smartphones, a Moto G7. O modelo que dá nome a essa geração, o Moto G7, tem como destaque uma tela super cumpridora, ótima para ver vídeos e seriados. Além disso, o aparelho tem um conjunto de câmeras e áudio muito bom. Por outro lado, o celular não tem nenhum grande diferencial, e é apenas mais um Motorola no mercado.

Leia mais: 
Testamos: Motorola Moto G7 Power tem bateria que dura o dia inteiro (e muito mais)
Testamos: por R$ 1.900, Moto G7 Plus faz excelentes fotos e tem hardware cumpridor

Fotografia

Um dos pontos positivos do Moto G7 é o conjunto fotográfico. Com duas câmeras traseiras de 12 Megapixels e 5 Megapixels, e uma frontal de 8 Megapixels, o aparelho ainda conta com a função manual, que permite capturar fotografias com foco muito bom — apesar de um pouco amareladas.

Além disso, o foco das câmeras traseiras permite fazer fotos com o fundo desfocado, que são tendência no Instagram. O dispositivo também vem com as funções Detector de Sorrisos, Time-Lapse, Câmera Lenta e Cinemagraph (criador de gifs).

Raio-X


Nome: Moto G7
Sistema operacional: Android Pie 9.0
Tela: 6.4’’ HD+ (1080X2270)
Armazenamento: 64 GB
Memória RAM: 4 GB
Processador: Snapdragon 632 Octa-Core 1.8 GHz
Câmeras: 12 Mpixel+ 5 Mpixel (traseiras) e 8 Mpixel (frontal)
Dimensões: 157 x 75.3 x 7.92 mm
Peso: 174 gramas
Bateria: 3.000 mAh
O que anima: duração da bateria, conjunto fotográfico, tela Max Vision Full HD+
O que decepciona: preço, não tem grandes diferenciais
Preço: R$ 1.599
Site oficial: https://bit.ly/2uuCaCn

Funcionamento geral

Outra característica favorável do Moto G7 é a tela Max Vision Full HD+ de 6.4 polegadas, que proporciona imagens nítidas com cores bem intensas. O tamanho também é ótimo para ver filmes, séries e jogar games. O conjunto de áudio completa a experiência com sua ótima qualidade — tanto no fone da Motorola, quanto com áudio externo.

Além do fone de ouvido e o carregador Turbo Power, uma capinha transparente e borrachinhas extra para o fone acompanham o aparelho na caixa. O dispositivo é vendido nas cores Ônix (preto metálico) e Polar (branco acinzentado).

Durante os testes do 33Giga, a bateria se mostrou cumpridora. Após duas horas e meia de reprodução de vídeos no YouTube com o brilho alto, a carga reduziu 26%. Com uso moderado, o aparelho funciona durante dois dias afastado da tomada. Já o carregador Turbo Power recarrega a bateria inteira em uma hora.

Apesar da experiência geral ser legal, o smartphone tem alguns pontos negativos. Um deles é o preço sugerido de R$ 1.599. No mercado, existem vários outros dispositivos que propiciam mais vantagens do que o Moto G7  quando o assunto é custo-benefício (como o OnePlus 6, que tem o dobro de armazenamento (128GB) e caprichados 8GB de memória RAM).

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

 
 
  • beats-studio3-wireless
  • JBL Tune 110 BT. O teste completo você vê em http://tinyurl.com/yb6ecbmf
  • Sony_Xperia XZ2_Preto
  • Fone JBL T450BT. O teste completo em https://wp.me/p7AVMp-eKM
  • Testamos: por R$ 330, caixa de som Pulse é resistente à água e dura mais de cinco horas
<
>
Menu