Divulgação
Testamos: com bom custo-benefício, fone JBL Tune 110 BT agrada por facilidade de uso e qualidade sonora Testamos: com bom custo-benefício, fone JBL Tune 110 BT agrada por facilidade de uso e qualidade sonora

O forte da JBL é o custo-benefício de seus produtos – principalmente quando o assunto é fone de ouvido com conexão bluetooth. Se não tem a grife (e qualidade) de modelos Seinheiser, também custam menos da metade do preço em equipamentos semelhantes.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

O JBL Tune 110 BT, por exemplo, é um fone sem fio que cumpre bem o que promete: qualidade no áudio (com ótimos graves), facilidade em se conectar (via bluetooth) em equipamentos como smartphones e notebooks e boa duração sem pedir recarga (a JBL promete até 6 horas de autonomia; nos testes do 33Giga, ele chegou a 8 horas sem pedir recarga).

Leia mais
Banda de rock lança versão holograma de seu novo disco
App de realidade aumentada mergulha usuários no bizarro mundo do Gorillaz
Tenacious D anuncia série animada exclusiva para o YouTube

Além dessas qualidades, o JBL T110 também oferece algumas perfumarias que agradam no dia a dia. Uma delas é o cabo flat com pontas magnéticas – que o impedem de enrolar e também funcionam como uma proteção quando o usuário o mantém no pescoço sem utilizar, transformando-o em um colar.

Outro ponto que agrada é o controle embarcado no próprio fone: há um botão de liga e desliga (que aproveita e o pareia com eletrônicos), além de volume e pouco mais. O JBL T110 ainda é vendido com um carregador USB e três opções de terminais emborrachados (pequeno, médio e grande), de forma que o usuário pode optar pelo que melhor encaixe no ouvido.

Entre os pontos negativos do JBL T110, pode-se apontar que o conjunto cabo + controle pode, eventualmente, atrapalhar o usuário que realize algum exercício ou mesmo movimento bruco atrás da cabeça. Isso porque uma mão mais afoita pode esbarrar na folga do fio e acabar arrancando o JBL da orelha do usuário.

A fabricante também poderia dar mais opções de carregamento do fone – já que ele somente é vendido com a cabo USB. Além disso, a entrada miniUSB do fone é tão diminuta que o usuário tem que mirar bem para conectar ambos os acessórios.

Por fim, o modelo já não é dos mais novos do mercado (mas, por isso mesmo, é encontrado por um preço atrativo em e-commerces – por a partir de R$ 115). Veja a ficha técnica do foninho bluetooth aqui.

Veja o JBL em detalhes no álbum (as imagens são de divulgação).

 
 
  • Com bom custo-benefício, fone bluetooth JBL Tune 110 BT agrada pelos graves
  • JBL Tune 110 BT. O teste completo você vê em http://tinyurl.com/yb6ecbmf
<
>

 

 

 

 

 

Menu