Tags

Dicas

Streamings têm diminuído a pirataria de músicas e filmes na internet

Créditos: João Lavinha via VisualHunt / CC BY
7 julho, 2016
Marcella Blass

A preços muito mais acessíveis, serviços de streaming, como Spotify e Netflix, têm ganhado muito mais popularidade. O fato de as pessoas estarem aderindo a esse tipo de serviço pode começar a diminuir o instinto de piratear conteúdo da internet. A comodidade e segurança dessas plataformas também servem de estímulos para reduzir os downloads ilegais na web.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Prova desse declínio é o estudo divulgado pelo Intellectual Property Office, do Reino Unido, que mostra que a pirataria de filmes e músicas atingiu os menores números em cinco anos. O IPO ainda revelou que 44% dos usuários de internet já utiliza de forma legal de serviços de streaming, enquanto 31% não fez nenhum download ou assistiu filmes online nos últimos três meses da pesquisa.

Outro relatório, produzido pela Kantar Media, também apontou uma grande ligação entre a popularização dos serviços de streaming e a queda da pirataria. Os dados obtidos mostram que 80% dos ouvintes de música online o fazem por meio de assinaturas de plataformas legais e não consomem canções por meios ilegais.  O mesmo estudo ainda mostra que os downloads via P2P, método popular de piratear arquivos na web, diminuíram de 12% para 10% em 2015.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.