Seu celular foi (ou vai ser) aposentado? Aprenda a descartá-lo corretamente Seu celular foi (ou vai ser) aposentado? Aprenda a descartá-lo corretamente

Seu celular foi (ou vai ser) aposentado? Aprenda a descartá-lo corretamente

DicasNegóciosNotícias 2 de março de 2018 Da Redação 0

Um pouco de história. O telefone foi inventado em 1876 e apenas um ano depois já estava instalado no Brasil. D. Pedro II decidiu trazer essa novidade ao solo brasileiro e implementou a primeira linha telefônica do país, ligando o Palácio da Quinta da Boa Vista à residência dos ministros do imperador.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga.

A invenção fez sucesso entre os brasileiros e, em dezembro de 2017, muitos anos após a primeira chamada, o país contava com 40,8 milhões de telefones fixos em serviço e 236,5 milhões celulares, segundo dados da Anatel. Tão presente no cotidiano que recebeu até homenagem – 10 de março é o Dia do Telefone.

Muitos destes equipamentos possuem uma rotatividade muito grande e são substituídos sempre que uma nova tecnologia surge. A conscientização sobre o descarte regular de eletrônicos levou em 2017 8.033 aparelhos telefônicos, celulares e de centrais telefônicas à Coopermiti, cooperativa paulistana especializada na reciclagem de lixo eletrônico. A iniciativa de usuários e empresas gerou 3.442,01 quilos de sucata, que ajudou a manter o trabalho dos cooperados.

Leia mais
Tabelão de celulares: confira todos os modelos vendidos no Brasil
iPhone: acompanhe a evolução do smartphone da Apple
Café, abridor de garrafa e até faca: conheça capas de celular que oferecem mais do que proteção

No entanto, o número aparelhos descartados irregularmente ou, quando não, guardados no fundo da gaveta ainda supera o número de aparelhos entregues a reciclagem. O maior problema é que diariamente mais aparelhos são vendidos e os antigos, quando descartados na natureza, contaminam o solo e gera um tipo de material que, dificilmente, será decomposto com facilidade.

Para combater a desinformação, a Coopermiti realiza um trabalho de conscientização de jovens e adultos através de palestras e visitas guiadas. Os cooperados ainda mantém um Museu Itinerante de Eletrônicos Antigos – inclusive muitos telefones de disco e outros modelos que fizeram parte da infância de muitas pessoas, mas que hoje viraram relíquias. Se vai aposentar o telefone e não sabe o que fazer com ele, entre em contato com a Coopermit. Ele agendam a retirada do seu lixo eletrônico e dão um final nobre a ele. O telefone de contato é 11 3666-0849. O email, contato@coopermiti.com.br.

E, por falar em telefone, veja alguns celulares icônicos na galeria.

 
 
<
>

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu