Assembleia de Deus, Porto Seguro: conheça as operadoras virtuais do Brasil Assembleia de Deus, Porto Seguro: conheça as operadoras virtuais do Brasil

Com o foco em determinados nichos de mercado, as Operadoras Virtuais Móveis (MVNO) estão presentes nas seguradoras, como a Porto Seguro, e em igrejas, como no caso da Assembleia de Deus e Sara Nossa Terra. Nos três exemplos, o público que mais utiliza as linhas telefônicas já são consumidores da marca ou estão inseridos no contexto da entidade.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Comum em outros países, como nos Estados Unidos, as operadoras virtuais foram autorizadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no Brasil, em 2010. Na prática, as MVNO utilizam da  infraestrutura de telecomunicações de uma operadora tradicional para ofertar o serviços aos usuários. Das que estão ativas no mercado, a Vivo e a Tim oferecem tal estrutura.

Em meados de 2013, a Porto Seguro Conecta foi uma das primeiras a iniciar as operações. Inicialmente, a cobertura se concentrava em Campinas e Santos. Hoje, as capitais São Paulo e Rio de Janeiro estão dentre as cidades com sinal da Conecta, além de outras do interior paulista. Com estrutura física da Tim, um dos diferenciais da empresa é oferecer seguro para celular já incluso no plano de telefonia, com cobertura para roubo, quebra e perda.

“Esse é um mercado machucado na relação cliente e operadora. A nossa ideia é prestar um serviço diferenciado ao público que já é Porto Seguro”, disse o Superintendente da Conecta Thiago Galli. Segundo ele, programa de pontos e comodidades aos clientes são outros  diferenciais da operadora. Um deles é o Wi-Fi Calling, tecnologia que permite efetuar ligações via sinal de internet, utilizando a infraestrutura da operadora celular. Ainda de cordo com Thiago, a Conecta foi a primeira da América Latina a oferecer tal recurso.

Público Gospel
As igrejas Assembleia de Deus e Sara Nossa Terra oferecem o serviço de telefonia móvel, utilizando a infraestrutura da Vivo. Com os nomes de Mais AD e Mais Parceiros de Deus, ambas fazem parte da holding Mov Tel e iniciaram as operações em outubro de 2015 e fevereiro de 2016, respectivamente.

Lenimar Ferreira Caetano é uma das represantes do projeto Mais Parceiros de Deus e informa que cerca de mil linhas estão ativas na operadora. Os chips são vendidos apenas na modalidade pré-pago, o que pode não atingir ao público em geral. “Miramos nos próprios frequentadores da igreja, pois as pessoas não querem abrir mão do pós-pago, por exemplo.”

Similar a anterior, a operadora Mais AD também oferece telefonia móvel pré-paga. De acordo com Danilo Conti, integrante da empresa, o foco é manter-se conectado com a entidade religiosa. “A ideia é que, se eu sou da igreja, eu faço parte desse produto e vou ser alguém que auxilia a minha igreja”, comenta.

Ainda segundo Danilo, ligações entre chips da operadora são gratuitas e interações entre os usuários e a igreja são exclusividade de quem faz parte da Mais AD. “Você é integrantes de uma comunidade online, com conteúdo gratuito e em primeira. É um meio de ficar mais perto da igreja.”

O 33Giga entrou em contato com um usuário da Mais AD. Rogério Santos trabalha com manutenção civil e utiliza os serviços da operadora há mais de um ano. Para ele, o diferencial está no atendimento. “Quando você liga, o pessoal é educado, retornam dando respostas. Contudo, acho que poderia ter mais promoções”, afirma ele.

Em ambos os casos, as operadoras informam que a renda obtida com os serviços de telefonia móvel virtual é revertida para ações sociais das igrejas, como clínicas de recuperação e campanhas para arrecadação de roupas de inverno.

——-
Confira álbum com todos os aparelhos eletrônicos testados pelo 33Giga:

 
 
  • Testamos: por R$ 330, caixa de som Pulse é resistente à água e dura mais de cinco horas
<
>

LEIA MAIS: Estudo indica melhor operadora de celular do Brasil; nenhuma delas obteve nota alta em satisfação
Wi-Fi lento: Veja o que interfere na internet e como resolver os problemas mais comuns

Menu