Proteja seu smartphone com estas cinco dicas simples Proteja seu smartphone com estas cinco dicas simples

Atualmente, os smartphones têm se tornado cada vez mais a principal fonte de comunicação, entretenimento e informação das pessoas. Prático e voltado para uso pessoal e profissional, esses dispositivos podem armazenar informações com números de telefone, fotos, histórico de conversas online, além de ser um meio para realizar transações bancárias, fechar negócios e contatar clientes.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Por conta desse uso constante e da grande quantidade de dados importantes guardados nos smartphones, é preciso ficar atento até aos cuidados de segurança mais básicos. Guilherme Freire Mello, analista de enfraestrutura da DBACorp, destaca algumas dicas que você pode aplicar ao seu dia a dia:

Utilize uma senha forte e trave a tela do seu aparelho sempre que não estiver usando: apesar de ser um pouco incômodo ter de inserir uma senha toda vez que você for utilizar o celular, essa medida de segurança é extremamente importante para garantir que, caso você perca seu celular ou ele seja roubado, suas informações pessoais não sejam acessadas por terceiros;

Somente instale aplicativos de fontes confiáveis: em uma busca rápida na internet, é possível encontrar diversos relatos e tutoriais sobre como instalar diversos aplicativos pagos em seu telefone de maneira gratuita. Além de ser ilegal, ao realizar esse procedimento, você deixa seu celular vulnerável a ação de hackers. O melhor modo de evitar esse tipo de ameaça é somente instalar aplicativos da loja oficial do sistema operacional de seu celular;

Instale um software antivírus em seu aparelho: assim como nos computadores, é extremamente importante que você possua um software antivírus instalado em seu smartphone. Ele irá te ajudar a se proteger de diversos tipos de ataques já conhecidos, além de ser uma camada extra de proteção no caminho de terceiros que queiram obter acesso as suas informações.

Evite se conectar em redes não seguras: assim como nos notebooks, não é uma boa ideia conectar seu celular a redes Wi-Fi desprotegidas. Nesse tipo de rede, é possível realizar um tipo de ataque conhecido como man-in-the-middle, no qual o hacker intercepta seus dados e os repassa para um equipamento pessoal. Dessa forma, apesar da conexão funcionar aparentemente sem problemas, ele estará interceptando todos os dados enviados, incluindo senhas, e-mails, conversas, e tudo mais que estiver sendo enviado pelo seu celular.

Tome cuidado com avisos falsos em sites: muitas vezes, pessoas mal-intencionadas colocam anúncios em sites simulando uma mensagem de erro do sistema operacional do smartphone do usuário. Caso você veja uma suposta mensagem de erro que só aparece em uma parte da tela em seu navegador, acesso outro site e faça o teste: se ela desaparecer, pode se tratar de uma mensagem falsa.

 

Menu