De acordo com pesquisa, 69% da população mundial não consegue imaginar sua vida sem internet De acordo com pesquisa, 69% da população mundial não consegue imaginar sua vida sem internet

Para conhecer quais são as tendências globais de 2017, a Ipsos fez uma pesquisa e ouviu mais de 18 mil pessoas, em 23 países, no fim do ano passado. O resultado está reunido em oito novas tendências, entre elas as tensões das gerações, a batalha pela atenção e um mundo mais saudável.

O estudo completo, com mais de 400 questões, mostra aspectos da realidade atual e dados sobre a relação das pessoas com a tecnologia. Entre os resultados mais marcantes, destaca-se o fato de que 69% da população mundial não consegue se imaginar sem internet.

Leia mais: 
Wearable dá pequenos choques em usuário para que ele desapegue de hábitos ruins
Viciados em redes sociais têm mais chances de desenvolver depressão
Aprenda a desabilitar os ícones de bate-papo no Messenger do Facebook no smartphone

Abaixo, você confere outros dados marcantes descobertos durante a pesquisa de tendências globais feita pela Ipsos:

–  Apesar do número gritante de pessoas que dizem não conseguir ver suas vidas sem internet, 23% ainda se sente confusa com computadores e acha que nunca vai se acostumar com eles. A porcentagem entre os entrevistados brasileiros é de 36%, garantindo ao país o segundo lugar no ranking;

– Mais de metade dos entrevistados (54%) dizem que não poderiam viver sem o seu smartphone. O índice brasileiro é 65%, deixando o país na quarta colocação;

– 50% acreditam que o progresso tecnológico esteja destruindo suas vidas, sendo a preocupação maior nos mercados emergentes (58%) versus 45% nos mercados estabelecidos. O Brasil é o terceiro país com ranking, com 62% concordando com a afirmação;

– As gerações mais jovens estão mais preocupadas com o progresso tecnológico: a geração Z registrou um aumento de 13 pontos percentuais nos últimos dois anos, subindo de 37% para 50%.

Menu