Tags

Notícias

Os melhores smartphones de até R$ 1,5 mil, segundo a Proteste

17 dezembro, 2018
Da Redação, com assessoria

Com a popularização dos smartphones, o mercado começou a criar outras categorias que vão além dos aparelhos com características premium e valor exorbitante. Desta forma, o consumidor que não possui condições de adquirir celulares top no mercado, pode ter um modelo que cumpre as necessidades básicas com conforto. Para ajudar os usuários, a Proteste — associação de consumidores — avaliou os principais celulares que se encaixam nessa categorial.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Foram escolhidos para essa avaliação 11 dispositivos ditos “modelos de entrada”, com preço até R$ 1.500. Vale destacar que todos os selecionados possuem o sistema operacional Android, já que o iPhone SE se encontra acima dessa faixa de valor.

Foram avaliados itens como duração de bateria, qualidade sonora, tela e câmera. Para isso, os aparelhos foram separados de acordo com seis perfis comuns de preferência de usuários: barato e bom, valor máximo de R$ 1.500, bateria duradoura, tela grande, proteção contra água e poeira, e câmera.

Bateria dura mais de 40 horas de uso

Juntamente com tela de qualidade e câmera de boa resolução, uma das características mais procuradas em um celular é uma bateria de longa duração, que não deixa o usuário na mão no meio do dia. Embora os chipsets mais modestos de hoje em dia consigam otimizar consideravelmente o uso de energia, trata-se, na verdade, de um quesito que evolui lentamente, se comparado à tecnologia.

Apesar disso, alguns produtos se destacaram com desempenho extraordinário. Como é o caso do LG K10 Power Dual, uma das três escolhas certas nominadas pela Associação, que suportou mais de 40 horas de uso. Também se saíram bem o Samsung J7 Prime, Samsung J8 e Moto G6 Play, registrando mais de 30 horas ininterruptas.

Display

Já no que se refere às telas, embora evidentemente as diferenças entre modelos premium e os mais baratos continuem grandes, o avanço da tecnologia está diminuindo essa disparidade. Em termos de tamanho, os produtos Moto G6 Plus, Moto G6 e Samsung J8 possuem as maiores telas, com 5.9, 5.7 e 6, respectivamente.

O Samsung J8 mostrou ter o melhor aproveitamento de sua parte frontal, com 75,8%, seguido pelo Moto G6 Plus, com 74,4%. Mas este último se destaca devido à qualidade da tela e contraste diferenciado.

Conjunto fotográfico

Referente às câmeras frontais, o Moto X4, Moto G6 e Moto G6 Plus saíram na frente. Já na câmera traseira, o Moto X4 se sobressaiu, além de ser o melhor dessa avaliação. Esse modelo também conquistou o título do mais resistente à poeira e à água. Características nas quais os modelos G6 Plus e G6, da Motorola, também foram bem.

Veredito

Segundo a PROTESTE, a Motorola é a fabricante que entrega as melhores opções para quem deseja um produto com maior custo benefício na faixa de preço de até R$ 1.500. Seus três smartphones (G6 Plus, X4 e G6, em ordem de pontuação geral no teste) vêm com a última atualização do sistema operacional, têm boas câmeras frontais e, especialmente no caso do X4, a câmera traseira também. Além disso, demoram relativamente pouco para carregar.

Para quem busca aparelhos mais baratos, a Associação indica os que custam menos de R$ 800 e mantêm uma boa qualidade, como o Samsung J6, LG Q6 e LG K10 Power Dual. Eles trazem softwares atualizados e câmeras aceitáveis, além de todas as outras funções básicas consideradas necessárias. Por isso, não à toa, são as escolhas certas da avaliação.

Leia mais: 
Aplicativos gratuitos de idiomas funcionam? PROTESTE avalia e dá veredicto
Proteste lança plug-in que ajuda o consumidor a economizar na hora de fazer compras online

Confira todos os dispositivos já testados pelo 33Giga:

Informativo

Cadastre-se e receba com exclusividade nossos conteúdo.