Lugares para enlouquecer amantes de tecnologia Lugares para enlouquecer amantes de tecnologia

Nem todo turista viaja para conhecer praias paradisíacas, monumentos históricos ou para explorar os sabores e aromas de culinárias exóticas. Há quem faça as malas em busca de novidades em tecnologia e inovação. Sedes de empresas de ponta, invenções bizarras, prédios giratórios, roupas inovadoras e estilo de vida diferente. Não importa a fonte, o foco deste tipo de viagem é entrar em contato com o novo, o moderno e, principalmente, buscar inspiração.

Alguns destinos são verdadeiros banhos de tecnologia, deixando deslumbrados os amantes de invenções. É comum, nesse caso, pensar imediatamente em Japão e Estados Unidos, mas há lugares muito menos óbvios, como a capita alemã, que cativam pela criatividade. E há lugares mais perto dos brasileiros também: São Paulo recebe eventos importantíssimos de inovação, além de juntar geeks e nerds de todas as vertentes.

Há vários destinos que reúnem essas características e têm potencial para enlouquecer os amantes de tecnologia. Mas antes de fazer as malas, é bom pensar nas passagens aéreas.

O ideal é sempre planejar tudo com antecedência, o que permite encontrar melhores preços. O planejamento pode fazer toda a diferença nos gastos da viagem, principalmente se o passeio envolver a compra de voos internacionais.

Lugares para amantes de tecnologia

Califórnia, EUA

O Vale do Silício agrada tanto fãs de Bill Gates quanto os de Steve Jobs. A lendária esquina do mundo onde projetos de garagem se converteram em empresas bilionárias não poderia ficar de fora desta lista – e do topo dela. Nas cidadezinhas que circundam São Francisco há muito o que fazer.

Seguidores da Apple vão pirar no Infinite Loop, rua da pequena Cupertino onde há diversos prédios da fabricante de iPhones e MacBooks. Os mesmos certamente irão ao delírio ao bater na porta do número 2.066 da Crist Drive, em Los Altos. É lá que fica a garagem onde Jobs criou o Apple 1, primeiro computador da marca, ainda nos anos 70.

Imperdível também é uma visita ao Googleplex, em Mountain View. Larry Page e Sergey Brin dificilmente imaginaram que sua empresa se transformaria em um complexo de mais de 40 prédios, espalhados em uma área de mais de 40 mil metros quadrados.

São Paulo, Brasil

A maior cidade do país é também um dos destinos mais interessantes para os mais antenados em tecnologia. E isso vale para pessoas de todas as idades. A Estação Ciência e o Catavento Cultural deixam as crianças com brilhos nos olhos. Já os crescidos podem gostar do planetário do Parque Ibirapuera e do Museu de Microbiologia do Instituto Butantã, sem falar nos diversos clubes e encontros de inovação que se espalham pela cidade. São Paulo também recebe diversos eventos internacionais, como a Campus Party. O ponto positivo da capital paulista é, sem dúvida, o fato de ser um destino mais acessível aos geeks brasileiros. Ao longo do ano, é possível encontrar voos com bons preços. Para encontrar descontos que podem chegar aos 50%, vale pesquisar no link https://www.maxmilhas.com.br/passagens-aereas/sao-paulo-br.

Berlim, Alemanha

A capital da Alemanha poderia facilmente ganhar a alcunha de capital da criatividade e inovação. Bicicletas com carroceria, festas em porões e prédios abandonados, vans que funcionam como galerias de arte ambulante, lojas que vendem sem pedir dinheiro em troca. Berlim é um prato cheio em termos de inovação. E para melhorar, a cidade conta com uma atmosfera cosmopolita e de compartilhamento que facilita as interações com gente do mundo inteiro. Por lá, é bem possível que estranhos sentem-se à mesa do turista.

Tóquio, Japão

Prédios ultramodernos, botões para todos os lados e muitas luzes: a capital japonesa, que praticamente virou sinônimo de tecnologia, é um parque de diversões para quem viaja em busca de novidades na área.

Akihabara é uma parada obrigatória. O distrito reúne incontáveis lojas de eletrônicos, desde as pequeninas, de poucos metros quadrados às gigantes do setor. Há, literalmente, de tudo. Destaque para a Yodobashi-Akiba, que é considerada a mais completa loja de eletrônicos do planeta. Dica de ouro para os amantes de fliperama: é la que se localizam Taito HEY e Club Sega.

Seul, Coreia do Sul

Seul é a personificação do clichê das metrópoles: a cidade que nunca dorme. Praticamente a qualquer hora, do dia ou do final de semana, é possível ir a restaurantes, karaokês, pubs etc. É conhecida como uma das cidades mais conectadas do globo, com cerca de 500 estações de metrô. Os prédios futuristas e a vida K-pop convivem com templos milenares e uma atmosfera de gentileza e de respeito ao espaço do outro. Entre as atrações, destaca-se o centro de exposições DDP (Dongdaemun Design Plaza), com seu visual metálico.

Menu