Tags

Notícias

Snapdragon 835: 4 coisas que o novo processador da Qualcomm vai trazer para seu celular

Créditos: Divulgação

A Qualcomm apresentou hoje (4) seu novo processador, o Snapdragon 835. Menor do que uma moeda de cinco centavos, mas potente a ponto de carregar cinco horas em cinco minutos, a tecnologia já está chamando atenção no exterior. Encontrado nos Estados Unidos em smartphones como o Samsung Galaxy S8 e o Sony Xperia XZ Premium, além do smartglass ODG R-8, o processador prova que o futuro vai ser mais rápido, colorido e interativo.

Leia também: Com criptografia militar, smartphone mais seguro do mundo pode custar até 60 mil reais

Bateria potente
Com o tamanho 35% menor do que a versão anterior, o pequeno chip traz dois benefícios para os fabricantes de smartphones: a possibilidade de deixar o aparelho mais fino e, consequentemente, a adesão de uma bateria maior e mais potente. O Snapdragon 835 consome 25% menos da energia, em comparação com o modelo 820, e promete carregar cinco horas em cinco minutos – desde que a bateria do celular seja de 3000 mAh.

Mais interação
A Qualcomm levou o desbloqueio biométrico a outro nível. Com o Snapdragon 835, não só é possível acessar um smartphone por meio da digital, mas também por reconhecimento de voz e escaneamento de íris. O processador ainda vem com um sistema que identifica objetos. Basta apontar a câmera do aparelho para uma maçã ou um relógio para que ele reconheça o que é o item.

Up nos recursos multimídia
A tecnologia HDR10 traz cores mais vibrantes para a tela do smartphone. Com mais de 16 milhões de nuances, o Snapdragon 835, às vezes, até exagera na tonalidade apresentada – algumas são tão vibrantes que parecem de mentira. Outro destaque é seu áudio tridimensional, que cria uma imersão mais profunda para usuário de jogos de realidade virtual.

Velocidade de 1Gbps em redes 4G
O Snapdragon 835 é compatível com a categoria 16 de redes 4G – as mais novas e mais rápidas do mercado. Em redes desse tipo, um smartphone com o processador consegue atingir velocidades de download de até 1Gbps. O curioso é que ele também usa menos recursos de infraestrutura, o que acaba agilizando as redes 4G até para quem tem celulares mais antigos.

Bônus: Wi-Fi Son
A Qualcomm também aproveitou o evento para apresentar sua tecnologia Wi-Fi SON. Frisando o conceito de “casa inteligente”, a empresa desenvolveu um powerline que replica o sinal de forma mais inteligente. Na prática, o aparelho identifica rapidamente quando o usuário muda de um cômodo para outro e troca o sinal para a base mais próxima. Ele também promete uma configuração mais simples para leigos e um mecanismo de defesa próprio. Alguns protótipos já foram desenvolvidos na gringa. Os kits completos com três bases saem entre US$ 299 e US$ 499, de acordo com o diretor de marketing de produtos da marca, Hamilton Mattias.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.