Divulgação
Kaspersky Safe Kids é a melhor proteção para crianças contra perigos online, segundo pesquisa Kaspersky Safe Kids é a melhor proteção para crianças contra perigos online, segundo pesquisa

Conforme as crianças passam mais tempo online, os pais têm dificuldades para evitar que sejam expostas a perigos e ciberameaças, uma vez que elas podem visualizar conteúdo inadequado, serem vítimas de ciberbullying ou compartilharem dados particulares involuntariamente. Para se ter ideia, mais da metade das crianças entre seis e nove anos usa a internet todos os dias e cerca de 28% dos pais brasileiros acham que não conseguem controlar o que os pequenos acessam online.

Como os sistemas operacionais fornecem apenas ferramentas básicas de proteção, é fundamental que os responsáveis reforcem a segurança para protegerem seus filhos das ameaças online. Com o intuito de ajudar os pais a tomar as medidas certas em relação à segurança das crianças na internet, a AV-TEST, empresa de testes independentes de software, avaliou diferentes soluções específicas e concedeu três certificados APPROVED ao Kaspersky Safe Kids.

Leia mais
Mais da metade dos pais no Brasil conversam regularmente com os filhos sobre segurança online
Vírus em aplicativos e jogos infantis deixam crianças vulneráveis a conteúdos inapropriados
5 benefícios que smartphones e computadores podem oferecer às crianças

Metodologia da AV-TEST

Foram avaliados o desempenho de 11 soluções de segurança para crianças e ferramentas internas dos sistemas operacionais em relação ao fornecimento de filtros e configurações para manter os jovens usuários protegidos. Entre os quesitos, estavam: proteção contra ciberbullying, controle de acesso a conteúdo adulto, administração da transferência de dados privados, restrição do tempo de uso dos dispositivos, proteção contra armadilhas financeiras e contra grooming (aliciamento online de crianças), além de proteção de privacidade.

A versão para desktop do Kaspersky Safe Kids foi mais eficiente que os concorrentes, uma vez que as ferramentas existentes nos sistemas operacionais impedem apenas que as crianças acessem pornografia e não limitam outras categorias avaliadas. Com a solução da Kaspersky Lab, o bloqueio não se limita ao óbvio. Ele inclui jogos, conteúdos relacionados à troca de dados e ao compartilhamento de arquivos ilegais, além de sites que apresentam armas, munição e conteúdo violento.

O teste ainda descobriu que o Kaspersky Safe Kids não apenas bloqueia links de conteúdo proibido, mas protege as crianças de mais ameaças à segurança. Isso inclui o controle de transferência de dados privados e a proteção contra armadilhas financeiras. E mais: a versão para desktop foi a única capaz de proteger as crianças do grooming – o que é de extrema importância para os pais, considerando que bastam apenas 45 minutos para criminosos atraírem uma crianças pela internet.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

E já que o assunto é criança, confira 15 eletrônicos dos anos 1990 desconhecidos por (quase) todos os pequenos de hoje:

 
 
<
>
Menu