Joyz: rede social transforma like em doação para causas sociais Joyz: rede social transforma like em doação para causas sociais

Joyz é uma rede social do bem que nasceu com o objetivo de ajudar causas e ONGs, transformando um clique em doação. Fundado no final de 2016, o “Instagram filantrópico” surgiu do desejo de seus sócios Pedro Goidanich e Raul Amoretti, um grupo de investidores e, posteriormente, Gabriel Khawali e Eduardo Salles, de fazerem algo com um propósito maior. De forma interativa e intuitiva, o usuário pode escolher para quem doará os seus joyz, moeda utilizada pela plataforma, que equivale a 10 centavos cada.

Leia mais
Veja 5 startups que misturam inovação com responsabilidade social
Está online? Empreste o seu computador para minerar bitcoins em prol da causa animal
5 aplicativos que conectam animais abandonados a pessoas que querem adotar

Como doar

Qualquer pessoa pode se cadastrar e fazer o bem. Ao instalar o aplicativo, disponível para celulares com sistema operacional Android e iOS, o usuário doador recebe até 40 joyz de presente da plataforma, para doar para as causas que preferir. As opções vão desde arrecadação para o custeio de tratamentos médicos de crianças e adultos, passando por causas animais, até ONGs.

Após o uso dos bônus iniciais, o doador pode adquirir novos joyz por dois métodos diferentes: comprando no próprio aplicativo via PayPal, boleto, cartão de crédito ou depósito bancário, ou participando de alguma campanha de interação com “empresas amigas”, que firmam parceria com o Joyz e entregam, junto com a veiculação de sua campanha um valor para a sociedade.

Para as ONGs

As causas que querem se cadastrar no Joyz devem realizar gratuitamente a criação de uma conta, com informações e fotos com legendas. Como nas redes sociais tradicionais, o perfil deve ser atualizado com frequência, criando vínculos entre os usuários doadores e a ONG.

A estratégia serve também como política antifraudes dentro do app. Quando o usuário doador dá o seu like em uma foto, ele não consegue voltar nesse mesmo post e dar uma segunda curtida. Por isso, é importante que a causa atualize sempre que possível o perfil com novas imagens, aumentando o engajamento e a possibilidade de arrecadação. Além dos likes, é possível deixar depoimentos e comentários.

Para resgatar o valor arrecadado, basta solicitar a transferência dos joyz, convertidos em reais, para a conta cadastrada. O serviço é livre de taxas, diferentemente das plataformas tradicionais de crowdfunding.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Na galeria, confira 10 filmes da Netflix com belas mensagens de gratidão:

 
 
<
>
Menu