Crédito: Leo Alves/33Giga
Conheça a impressora 3D que consegue “imprimir” chocolate Conheça a impressora 3D que consegue “imprimir” chocolate

Impressoras 3D são conhecidas por fazer os mais variados objetos – de bibelôs a armas de fogo. No Brasil, entretanto, existe um equipamento que permite “imprimir” algo irresistível: chocolate. Fabricada pela polonesa ZMorph, a máquina custa cerca de R$ 22 mil. E ela não serve apenas para chocolatiers ou adoradores do doce. É possível, assim como qualquer outra impressora 3D, criar objetos de plástico. 

Crédito: Leo Alves/33Giga
Impressora ZMorph. |Crédito: Leo Alves/33Giga
Impressora 3D ZMorph pode criar quinquilharias plásticas ou deliciosos chocolates, mudando apenas o cabeçote.

A traquitana ficou em exposição no Brasil pelo Garage Fab Lab, em São Paulo (SP). Durante os testes realizados em evento com a participação do 33Giga, a impressora surpreendeu. Confesso que estava cético quanto ao funcionamento, afinal o chocolate é um material complexo de ser utilizado, mas no quesito produção a Zmorph foi bem. Em desenhos mais simples, como um chocolate em formato circular, a máquina não teve dificuldades. Até mesmo o like que ilustra essa reportagem foi realizado sem grandes problemas.

Leia mais
Comprei uma impressora 3D para minha casa. E agora?
Impressoras 3D mudarão o conceito econômico do mundo?

Os desenhos utilizados no teste foram feitos no Fusion 360, que é um software de modelagem 3D desenvolvido pela AutoDesk. Com ele, é possível criar os mais variados tipos de ilustrações, depende apenas da criatividade do usuário. A assinatura do produto custa cerca de US$ 25 por mês, mas há a possibilidade de testá-lo gratuitamente por 30 dias.

Como disse, o chocolate é algo trabalhoso, e lidar com ele em uma máquina não é nada simples. É importante ressaltar que o doce precisa ser derretido anteriormente, para ser possível realizar os desenhos. Mas se o chocolate endurecer um pouco, a saída da impressora entope e a produção precisa ser interrompida.

Segundo os representantes do Garage Fab Lab, o espaço trabalha em parceria com a fabricante da impressora 3D, com o objetivo de avançar o trabalho culinário do produto. A próxima etapa, de acordo com eles, é tentar “imprimir” massas para biscoitos ou bolos, por exemplo. Por isso é fundamental entender melhor como domar o chocolate. E a colaboração dos usuários do Garage Lab Fab ajuda nesse desenvolvimento.

Pensar que em um futuro próximo será possível ter uma fábrica de chocolate em casa é surpreendente. Ainda existe um longo caminho a ser percorrido, mas os primeiros passos já foram dados. O desenvolvimento das impressoras 3D se intensificou nos últimos anos, e a cada dia fica mais evidente que seu uso é quase infinito – até mesmo para a culinária.

 
 
<
>

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Menu