Tags

Notícias

Cuidado! Teste do Facebook solicita informações pessoais para mostrar com qual famoso você se parece

Créditos: Reprodução Internet
29 março, 2017
Da Redação, com assessoria

O teste “Qual Celebridade Você Se Parece?” está circulando nos últimos dias pelo Facebook. O gancho para atrair usuários é mostrar com qual famoso a pessoa se parece. Mas os especialistas em segurança da Kaspersky Lab alertam que, ao entrar para a brincadeira, o internauta também compartilha informações pessoais com a empresa criadora do teste.

Leia mais
Ameaça detectada: conheça os principais golpes no WhatsApp e como cada um afeta a sua segurança
Doppelgänger: site descobre em qual lugar do mundo está seu gêmeo
Boato diz que Facebook vai revelar o que usuários postaram; veja outras mentiras e evite cair em golpes

Para realizar o teste e conferir o resultado, a empresa Vonvon solicita que o usuário clique em “Conectar-se ao Facebook”. Ao fazer isso, a empresa recebe as informações públicas do perfil do internauta (incluindo nome, foto, idade, sexo, idioma, país), além da lista de amigos e e-mail. Uma vez que estas condições são aceitas, o aplicativo carrega as imagens vinculas à conta e pede para o usuário escolha uma para encontrar a suposta celebridade doppelgänger.

Segundo a pesquisa “Você é um especialista em cibernética?” da Kaspersky Lab, 63% dos entrevistados diz que não lê o contrato de licença antes de instalar um novo aplicativo em seu dispositivo. Uma em cada cinco pessoas (20%) nunca leu as mensagens para instalar apps, apenas clicam em “Próximo” e “Concordo”, sem entender o que estão autorizando.

Na verdade, alguns aplicativos podem invadir a privacidade do usuário, instalar outros programas ou mesmo alterar a configuração do sistema operacional de um dispositivo de forma completamente legal já que internauta clicou em “aceito” durante o processo de instalação.

A política de privacidade da Vonvon diz que os dados recolhidos em seus jogos e aplicativos são usados para promover seus produtos via e-mail e para outros propósitos de marketing, que não são especificados. Ela também indica que as informações recebidas podem ser transferidas para outras empresas ou indivíduos com objetivo de “otimizar seus serviços e funcionamento do site”.

Em 2015, suas políticas de privacidade foram questionadas após o lançamento do teste “Quais Palavras Você Mais Usou No Facebook Esse Ano?”, que atraiu mais de 17 milhões de usuários. A partir daí, a empresa tem limitado as informações que solicita aos internautas.

Para evitar que suas informações sejam usadas e até mesmo compartilhadas por companhias, a Kaspersky Lab dá as seguintes dicas para proteger os dados pessoais dos usuários:

– Não aceite todos os convites para jogos e aplicativos que aparecem nas redes sociais;
– Leia atentamente as condições e informações ao utilizar aplicativos de jogos e testes;
– Verifique frequentemente as configurações dos apps em sua conta do Facebook, eliminando aqueles não utilizados, além de se certificar que os aplicativos tenham acesso a uma quantidade mínima de dados.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.