Photo credit: fotografar via Visualhunt / CC BY-SA
Entenda como funcionam as petições da Avaaz e o que ocorre após assiná-las Entenda como funcionam as petições da Avaaz e o que ocorre após assiná-las

Na reportagem sobre as mudanças que a internet pode sofrer, foi citado que existe uma petição da Avaaz que exige que os novos limites sejam vetados, e que já conta com quase 1,5 milhões de assinaturas. Mas, após assinar alguma petição do órgão, o que será que acontece? Bem, é justamente neste ponto que se inicia o trabalho da organização.

Primeiramente é necessário contar um pouco sobre a Avaaz. A organização iniciou seus trabalhos em 2007, com o intuito de mobilizar pessoas em torno de causas coletivas. Ela é financiada pelos seus próprios membros, que contribuem financeiramente para manter o serviço ativo. Atuante em 194 países de quatro continentes, a Avaaz possui mais de 43 milhões de membros no mundo.

Uma vitória emblemática da Avaaz no Brasil foi pelo fim dos votos secretos no Congresso Nacional, em 2013. Embora o projeto de lei não tenha partido diretamente da empresa, a pressão popular que as assinaturas da petição causaram, juntamente com as ligações de diversas pessoas que descobriram os números dos parlamentares por meio de uma ferramenta da Avaaz, fez com que o projeto fosse aprovado na Câmara dos Deputados, encerrando o sigilo nas votações da Casa.

Mas a atuação da organização é mundial. Um exemplo do exterior é o caso Benetton, empresa de moda que já teve até equipe na Formula 1, que deu ao alemão Michael Schumacher seus dois primeiros títulos mundiais. Automobilismo a parte, por meio da Avaaz mais de um milhão de membros pressionaram a Benetton a pagar indenizações às vítimas do desabamento da fábrica de Rana Plaza, em Bangladesh.

A empresa se recusou, por dois anos, a efetuar os pagamentos. A Avaaz, então, entregou em mãos a petição com mais de um milhão de assinaturas. Realizou diversos apelos nas redes sociais, colocou placas em frente à sede da Benetton e pediu que grandes líderes influentes falassem com o CEO da marca italiana. Após essas ações, eles conseguiram participar de reuniões e negociações, fazendo com que a Benetton voltasse atrás e pagasse as indenizações.

As petições são apenas o início do processo. Após elas se encerrarem, geralmente com grande apoio popular, é que começa o verdadeiro trabalho da Avaaz. Para saber mais sobre a empresa, e ver todos as petições que estão em vigor neste momento, é só clicar aqui, para ser direcionado para a página da organização.

Menu