Photo by NeONBRAND on Unsplash
6 dicas práticas para se proteger de ataques na internet 6 dicas práticas para se proteger de ataques na internet

6 dicas práticas para se proteger de ataques na internet

Dicas 27 de junho de 2019 Da Redação, com assessoria

Em terra virtual, quem não teve seus dados violados em crimes cibernéticos é rei. Situações como ameaças, fraudes, ofensas, extorsões e assédios sexuais, por exemplo, ocorrem 54 vezes por minuto, no Brasil, de acordo com pesquisa feita pela Symantec. Para ajudar você a aumentar sua segurança na internet, Adriano Krzyuy, presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), dá algumas dicas. Confira!

Leia mais
Site mostra se seus dados já foram vazados por hackers
Brasileiros preferem ter casa ou carro roubados a ter redes sociais hackeadas
Cursos ensinam sobre ciberataques e mostram como se prevenir

Endereço

Hoje, os sites têm a possibilidade de contratar, com seus provedores, os Certificados de Segurança. Assim, cada usuário pode saber se o endereço que está acessando é seguro. Basta ver se o link começa com https. O “s” significa que o ambiente foi verificado e é seguro.

Senhas

É necessário criar senhas fortes, que contenham letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais (como asteriscos, traços, acentuações). Também evite utilizar a mesma sequência para todos os seus cadastros e, troque, pelo menos, uma vez por semestre.

Antivírus

Sempre mantenha seu antivírus ativo e com verificação automática, independentemente do seu dispositivo. Desta forma, quando houver alguma ação suspeita, o programa irá detectar e remover a ameaça. Paralelo ao programa, ative o firewall para impedir a invasão de códigos maliciosos.

Salve arquivos em vários lugares

Guardar seus principais arquivos, documentos e informações em mais de um local dificulta que você perca os arquivos. Armazenamento em nuvem, pendrives e HDs externos são as opções mais indicadas.

E-mails

Acesse as mensagens eletrônicas apenas de fontes confiáveis e conhecidas. E lembre-se que, raramente, bancos entrarão em contato por e-mail solicitando alguma ação.

Conexões

Ao conectar seu dispositivo à internet, sempre utilize redes Wi-Fi seguras, pois elas também podem ser alvo de algum ataque cibernético.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Já que o assunto é segurança, relembre boatos que se espalharam pela internet – e se proteja para não cair de novo:

 
 
<
>
Menu