Bume ou Postgrain: qual plataforma tem o melhor custo-benefício?

Bume ou Postgrain: qual plataforma tem o melhor custo-benefício?

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

12/11/2019 | 09:33


Atualizada às 08h57

Com mais de 66 milhões de usuários no Brasil, o Instagram deixou de ser apenas uma plataforma de fotos. Visto como uma rede social estratégica, cada vez mais as contas comerciais se deparam com o desafio de fazer uma boa gestão dos perfis. Para acompanhar as mudanças do mercado existem ferramentas como Bume ou Postgrain. Por meio de assinaturas, as empresas oferecem serviços para auxiliar o dia a dia dos usuários. Apesar da semelhança, é importante comparar e entender qual tem o melhor custo-benefício.

Leia mais
10 truques do Instagram para você se tornar um expert na rede social
Como usar o Instagram no PC?
Qual a primeira foto no Instagram das celebridades?

O que é Bume?

Bume é uma plataforma de gestão, marketing e vendas que tem o Instagram como foco. Seu maior diferencial é a gestão “Close Friends”, que permite administrar a lista de Melhores Amigos com praticidade, já que fica à cargo do serviço o processamento do pagamento, a inclusão e exclusão de pessoas. Assim, o usuário apenas precisa investir tempo na produção do conteúdo que será transmitido.

A ferramenta também oferece o envio de mensagem e interações automáticas, relatórios gerenciais, e agendamento de publicação. Com o gerenciador é possível ter interações mais assertivas, já que o usuário define público-alvo com hashtags e até mesmo localização desejada, colaborando, assim, com o aumento de visibilidade e credibilidade do perfil.

O que é Postgrain?

Postgrain é um serviço online de gerenciamento de contas no Instagram. O ponto forte da plataforma é o agendamento de postagens que podem ser compartilhadas em outras redes sociais como Twitter e Facebook. O usuário também pode acessar um espaço voltado para comentários e DM’s. Além disso, permite que diferentes pessoas acessem a mesma conta, sendo interessante para agências que trabalham com social media.

Diferentemente das demais empresas do ramo, o cadastro é gratuito e apenas algumas funcionalidades são restritas à assinantes. O período de testes é ilimitado e permite oito publicações renováveis a cada 30 dias.

Bume ou Postgrain?

Tanto o Bume quanto o Postgrain possuem pacotes que englobam o gerenciamento de DM’s e o agendamento de postagens. O Postgrain oferece o Plano Personal, que sai por R$ 19 ao mês. Já o Bume conta com o Plano Gestor, lançado em outubro pelo preço de R$ 37,70 mensais.

Apesar de ter uma seção dedicada às mensagens diretas, o Postgrain acaba não sendo tão prático, já que o usuário precisa dispor de tempo para interagir manualmente com os seus seguidores. Nesse ponto, o Bume pode ser mais vantajoso, pois é possível criar campanhas de mensagens para seguidores antigos e novos, além de interagir automaticamente com quem enviar alguma DM.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Aproveite e conheça os 50 brasileiros mais seguidos do Instagram:

 
 
<
>