Banco de dados com informações de 92 milhões de brasileiros é leiloado online

Banco de dados com informações de 92 milhões de brasileiros é leiloado online

Beatriz Ceschim
Do 33Giga

14/10/2019 | 10:55


Atualizada às 10h55

Mesmo com a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados, ainda ocorrem muitos leilões de informações e venda de conhecimentos individuais e de corporações. Como é o caso de um banco de dados com informações pessoais de 92 milhões de brasileiros que será leiloado em fóruns clandestinos de acesso restrito na Internet.

O banco de dados leiloado conta com 16GB de tamanho, no formato SQL (Linguagem de Consulta Estruturada), e o preço inicial do leilão é de US$ 15.000, com um lance (inicial) de US$ 1.000. Para o registro nestes sites, é necessário obter um convite de alguém da comunidade ou realizar o pagamento de uma taxa.

Leia mais:
Não caia em ciladas! Veja dicas práticas para aumentar sua segurança na internet
Segurança expressa: dicas simples e rápidas para aumentar sua proteção no mundo digital

O vendedor X4Crow diz contar com 92 milhões de registros, separados por cidade e que incluem nomes, datas de nascimento, nome da mãe, sexo e número de CPF de brasileiros. O banco de dados também conta com detalhes sobre pessoas jurídicas, como o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) de empresas brasileiras.

Além do banco de dados disponível em fóruns, o vendedor também oferece um serviço de busca, que promete disponibilizar informações valiosas sobre os cidadãos brasileiros a partir de apenas alguns dados. Usando informações como o nome completo, o CPF ou o número de telefone, o X4Crow promete fornecer números de telefone, endereços antigos, e-mail, profissão, nível educacional, possíveis parentes, vizinhos e placas de carro de brasileiros.

O X4Crow disse poder obter dados sobre qualquer empresa e sua estrutura corporativa. O preço para o serviço é de US$ 150, apesar de oferecerem descontos ocasionais de US$ 50.

“É necessário que as pessoas e empresas tomem medidas efetivas para proteção dos dados a fim de evitar que este tipo de incidente volte a ocorrer”, explica Daniel Barbosa, pesquisador de segurança da informação da ESET. O uso de uma solução de segurança da informação e a atualização de sistemas operacionais e programas ou aplicativos podem reforçar a proteção dos dados das empresas e dos individuais, reforça a ESET.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Após se proteger contra o roubo de dados, conheça a história de 15 hackers famosos.

 
 
<
>