Rappi lança função para transferência de dinheiro entre usuários

Rappi lança função para transferência de dinheiro entre usuários

Da Redação
Do 33Giga

05/09/2018 | 13:40


Atualizada às 10h41

A Rappi, aplicativo de delivery de tudo, anunciou o RappiPay. A nova função permite aos usuários transferir dinheiro entre eles e pagar compras em estabelecimentos físicos por meio do aplicativo. O serviço é prático, rápido e estará disponível para todos os cadastrados na plataforma.

 Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

O objetivo do aplicativo é atuar como um assistente pessoal e simplificar o dia a dia das pessoas. Seguindo essa mesma premissa, a nova função facilita ainda mais a rotina dos clientes ao possibilitar transações financeiras entre os usuários, sem necessidade de uma conta bancária.

E, além de permitir transações P2P (person-to-person), em breve, o RappiPay também poderá ser usado para pagamentos em lojas físicas parceiras. Esses estabelecimentos contarão com um QR Code específico e o cliente poderá realizar o pagamento escaneando o código.

Como funciona?

Para transferir dinheiro via RappiPay, basta entrar no aplicativo, cadastrar um cartão de crédito e digitar o número do telefone do destinatário e o valor que deseja enviar – hoje, entre R$ 1 e R$ 2.500. A transferência é gratuita e em tempo real. Além disso, é possível acompanhar todos os movimentos do dinheiro dentro da plataforma.

Além disso, em uma reunião com os amigos, é possível dividir a conta da pizza delivery, por exemplo, sem a necessidade de fazer transferências bancárias e pagar taxas. Para isso, basta uma pessoa solicitar o valor final a todos os amigos e, depois da transferência, realizar o pedido e pagar com o RappiPay – tudo por meio do aplicativo e em poucos minutos.

Leia mais: 
Entidade avalia e compara aplicativos de pagamento da Apple, Google e Samsung
Spotify passa a aceitar cartão de débito como forma de pagamento

Das conchas à biometria: confira a evolução dos meios de pagamento:

 
 
<
>