PME: veja cinco dicas para usar a tecnologia e otimizar seu negócio

PME: veja cinco dicas para usar a tecnologia e otimizar seu negócio

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

05/12/2017 | 15:51


Atualizada às 16h31

Nos últimos doze meses, aumentou em 15% a quantidade de pessoas inscritas no Simei, o sistema de recolhimento de imposto do microempreendedor individual. Ao todos, são mais de sete milhões de trabalhadores classificados como empreendedores. E não só é importante conseguir abrir o próprio negócio como é necessário aumentar a clientela, com o tempo.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Pensando nisso, o especialista em markenting Rodrigo Lourenço, da empresa iZettle (companhia é especializada em serviços financeiros e pagamentos online) dá dicas simples de como a internet pode ajudar nesse processo. São cinco passos a seguir, confira:

1) Faça a sua empresa aparecer no Google Maps
A ferramenta permite, gratuitamente, que a empresa insira informações sobre o seu negócio, tanto para pesquisa como no mapa. A plataforma para cadastro é a www.google.com.br/meunegocio e também possibilita a procura por novos clientes. É possível fazer anúncios também, sem ser necessários muitos conhecimentos técnicos sobre o assunto.

2) Dê um up no seu WhatsApp
A quantidade de pessoas online no aplicativo é crescente. Com isso, as empresas passaram a usar a ferramenta para atender a demanda dos clientes. Salões de beleza, por exemplo, aceitam marcação de horário via WhatsApp. Entretanto, Lourenço alerta sobre a importância de estabelecer horário de atendimento e um aparelho exclusivo para tal.

Outro ponto chave para o especialista é a atenção às resposta. Para ele, quando um cliente envia uma mensagem e é ignorado, ele pode não recomendar o serviço ou produto outras pessoas.

3) Mantenha organizada e atualizada a página no Facebook
E não só o WhatsApp caiu no gosto das lojas e serviços, mas as redes sociais também. E assim como no aplicativo anterior, essa plataforma precisa seguir com o atendimento online de forma organizada. Estar atento aos comentários e mensagens via Facebook é de grande importância.

Caso o empreendedor queria investir um pouco, a rede social permite a criação de anúncios para um público pré-definido, por valores a partir de R$ 50. Entretanto, é necessário atentar-se aos conteúdo da página e às pessoas que irão receber as propagandas.

4) Dê atenção, também, para o seu site
Com o surgimento das redes sociais é possível que as empreses achem que ter um site seja necessário. De acordo com Lourenço, esse pensamento é equivocado. Para o especialista, negócios que têm website os clientes depositam mais credibilidade.

5) Diversifique canais e mantenha contato
As demandas digitais vêm de todos os canais de comunicação e podem ter diferentes perfis de público. Dessa forma, é importante que o seu negócio esteja presente em todos eles.

LEIA MAIS: Quatro aplicativos que ajudam a acumular milhas e viajar
Conheça aplicativos que te ajudam a cuidar da saúde e manter a qualidade de vida