Tags

Dicas

Conheça startups brasileiras que apostam na economia colaborativa

6 setembro, 2016
Da Redação, com assessoria

A taxa de desemprego no trimestre encerrado em julho de 2016 foi de 11,6%, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se por um lado o mercado de trabalho continua desaquecido, por outro, surgem alternativas para quem necessita de uma renda extra. Entre elas está a economia colaborativa, que tem o objetivo de reduzir custos ao oferecer um bem ou serviço por um pequeno valor monetário. Abaixo, você confere quatro startups brasileiras que seguem tal princípio.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Eu Entrego
Este Uber das entregas tem o objetivo de conectar pessoas e empresas à comunidade de entregadores independentes, oferecendo uma alternativa fácil, flexível e de baixo custo para levar ou trazer encomendas. Disponível para Android e iOS, uma das premissas da plataforma é recolocar profissionais no mercado de trabalho, já que qualquer pessoa que circula pelas grandes cidades pode prestar o serviço. Saiba mais sobre o Eu Entrego aqui.

LocalChef
A startup LocalChef tem o intuito de ajudar cozinheiros amadores a ganhar uma renda extra. Com o objetivo de conectar pessoas que desejam pedir comidas caseiras a uma rede de chefs autônomos, a plataforma oferece “refeições da vovó” a um valor acessível. Por outro lado, a rede também gera uma renda extra para quem cozinha bem, mas não tem estrutura para comercializar ou divulgar suas receitas. Clique aqui e conheça melhor esse serviço.

F(x)
A F(x) é uma fintech, startup que atua no setor financeiro. A plataforma ajuda empresas de médio e grande porte a encontrar instituições financeiras dispostas a conceder crédito. Para auxiliar nas transações, a rede conta com consultores especializados na área. Entre eles: ex-bancários, advisors financeiros, advogados e contadores. Esses profissionais geram negócios e são remunerados diretamente pela empresa que contrata a plataforma na obtenção de crédito.

Holipet
Essa startup é uma via de mão de dupla. De um lado, oferece serviço para quem necessita de cuidados para o seu animal de estimação. De outro, conecta quem está disposto a passar um tempo com os bichinhos. A Holipet tem o objetivo de ajudar os profissionais que atuam de forma autônoma, seja como cuidador ou apenas companhia para passeio. Além disso, a plataforma otimiza a renda destes amantes de pets.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.