Tags

Dicas

Conheça o Social Comics, um streaming brasileiro dedicado aos quadrinhos

Créditos: freakgirl via Visual hunt / CC BY-NC-ND
19 julho, 2016
Bianca Bellucci

A Netflix revolucionou a indústria de filmes. O Spotify mudou o mercado da música. Agora, o Social Comics surge para alterar o rumo dos quadrinhos. O streaming traz mais de 2 mil HQ’s no formato digital de artistas independentes e editoras como Dark Horse Comics, Nemo, Mauricio de Sousa de Produções e JBC. Com 14 dias para degustação, o serviço custa R$ 19,90 ao mês.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, escreva para 33giga@33giga.com.br e suas questões podem ser respondidas

Além de publicar títulos já conhecidos no mercado, o Social Comics investe em material original. Em março de 2016, por exemplo, eles criaram um selo exclusivo para estimular as mulheres a produzirem mais quadrinhos. A marca também resgata e traduz bastante conteúdo da chamada “Era de Ouro”, uma compilação raríssima de se encontrar em português, mesmo na internet.

Leia mais
Descubra prós, contras e dicas para usar o Spotify
“Netflix asiático”: streaming com catálogo de animes é lançado
5 recursos legais do Netflix que talvez você não conheça

O Social Comics está disponível para Android e iOS e ainda possui uma versão web. Para se cadastrar no site, basta usar seu perfil no Facebook ou criar uma conta com e-mail e senha na própria plataforma. O pagamento mensal pode ser feito por cartão de crédito ou PayPal.

O streaming foi criado pelos brasileiros João Paulo Sette, José Marcelo Castro e Fernando Goulart. Lançado no Brasil no final de outubro de 2015, o Social Comics recebeu um investimento de R$ 2 milhões do Grupo Omelete, que planeja a internacionalização da plataforma para a América Latina e para os Estados Unidos.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.