Tags

Especiais

Como verificar a segurança do seu smartphone

Créditos: Dan Nelson on Unsplash
19 agosto, 2020
Da Redação

Se você se preocupa com a segurança do seu smartphone, é essencial sempre se atualizar sobre as principais ameaças que são criadas para atingir dispositivos móveis – e, claro aprender sobre medidas importantes de segurança para aumentar a integridade do seu aparelho e a proteção dos seus dados.

Leia mais:
Segurança expressa: dicas simples e rápidas para aumentar sua proteção no mundo digital
Site mostra se seus dados já foram vazados por hackers

Quais as principais ameaças contra seu smartphone?

Há vários tipos de ameaças criadas especialmente para infectar um smartphone, prejudicar o funcionamento do aparelho e roubar dados e informações pessoais contidas nele. Aqui, você confere uma lista com alguns dos principais tipos de ataques direcionados para o mobile:

Ransomware: não são exclusivos para dispositivos móveis, mas o uso deles tem aumentado cada vez mais para atingir usuários de smartphones. Esse tipo de vírus tem como objetivo principal sequestrar dados da vítima e exigir um pagamento para que essas informações possam ser recuperadas. Inclusive, os Cavalos de Troia, usados para executar ransomware, representam a ameaça que mais cresceu na área de celulares.

Malware para roubo de dados bancários: são usados especialmente para captar informações financeiras da vítima, infiltrando-se nos aplicativos de internet banking e de pagamentos diversos.

Mensagens infectadas: outra forma bastante comum de atacar o smartphone é pelo envio de mensagens contaminadas com arquivos e links maliciosos, seja por SMS ou por algum mensageiro, como o WhatsApp. Quando a vítima clica nesses links, ela é induzida a preencher formulários com suas informações pessoais ou baixar aplicativos ou documentos maliciosos que servem para roubar dados e controlar o dispositivo.

Spyware: as versões voltadas para dispositivos móveis servem para infectar o aparelho, roubar dados e monitorar as atividades da vítima, permitindo que os criminosos acessem dados como localização, senhas de acesso e até mesmo troca de mensagens e registros de ligações.

Adware: este tipo de vírus é especializado em infectar o aparelho para gerar a exibição de uma série de anúncios em pop-ups, causando não só um incômodo ao usuário, mas também servindo para atrair a vítima para páginas infectadas. Ainda prejudicam a navegação em páginas da web, já que abrem várias abas de anúncio sem o controle do internauta.

Por que é importante proteger seu smartphone?

O smartphone não é apenas uma ferramenta de lazer, mas um importante objeto de trabalho e comunicação. Nele, estão contidas inúmeras informações de valor. Não só fotos e mensagens pessoais, mas dados bancários, senhas, informações sigilosas e até mesmo sua localização geográfica. Sendo assim, investir na segurança do seu celular é tão essencial quanto investir na sua própria segurança – na verdade, uma coisa está diretamente associada à outra.

Dicas importantes para sua segurança

Agora, vamos ao que interessa: procedimentos e dicas para melhorar a segurança e a integridade do seu dispositivo. Os procedimentos mostrados não tornam seu aparelho imune a ataques, ameaças e golpes. Afinal, sua melhor ferramenta de defesa é seu comportamento, que pode diminuir ou potencializar os riscos virtuais.

Independentemente disso, as ferramentas ajudam a diminuir significativamente qualquer risco envolvendo a segurança do seu aparelho – como o vazamento de informações importantes e o IP que identifica a conexão dele.

Garanta a integridade dos aplicativos

Cada aplicativo solicita acesso, em maior ou menor grau, às informações do celular – como câmera, microfone, localização geográfica, lista de contatos, redes sociais. Então, é essencial excluir qualquer app desconhecido ou estranho, além de ser importante limitar as permissões que você concede a esses programas. A menos que seja realmente necessário, é melhor não dar permissões excessivas, pois, no caso de uma invasão, isso pode ser usado por criminosos.

Use as verificações de proteção do sistema operacional

Dispositivos com sistemas operacionais Android ou iOS contam com verificações que garantem a autenticidade e procedência de um aplicativo, sendo essencial usar estes recursos.

Baixar os aplicativos direto da Apple Store ou da Google Play, por exemplo, garante maior idoneidade de um aplicativo. Nos sistemas Android, por exemplo, a ferramenta Google Play Protect serve para verificar os apps e identificar possíveis ameaças ou falhas de autenticidade. Para dispositivos iOS, a ferramenta de segurança da plataforma Apple é uma ótima medida para garantir a integridade dos programas.

Ainda é importante procurar por análises de um aplicativo e saber mais sobre sua autenticidade antes de baixá-lo, já que o fato de estar listado na plataforma oficial de download de apps não significa uma segurança total.

Proteja senhas e informações de autenticação

É importante criar senhas difíceis de serem adivinhadas (com caracteres especiais, números e distinção entre letras maiúsculas e minúsculas). Evite combinações óbvias, como nome, data de aniversário, endereço. Também não compartilhe essa informação com terceiros.

Há bons aplicativos de gerenciamento de senhas e é uma boa ideia procurar por uma opção confiável e funcional para ajudar a organizar seus dados de acesso e, claro, protegê-los.

Ative a autenticação de dois fatores

Sistemas operacionais, aplicativos, redes sociais e outros serviços que investem na segurança e na integridade oferecem aos usuários a opção de realizar uma autenticação de dois fatores.

Estes sistemas de autenticação exigem confirmação de códigos enviados por SMS, e-mail ou mesmo chamada telefônica. Você associa seu número de telefone e endereço de e-mail à conta para, por meio deles, realizar verificações de identidade. Sendo assim, é crucial para ampliar a integridade das contas.

Mantenha a tela bloqueada

Outra dica importante é manter a tela do seu aparelho bloqueada quando você não o estiver utilizando, junto com uma senha para desbloqueá-lo. Isto impede ataques físicos ou mesmo remotos, já que o criminoso terá que, primeiro, passar por esta fase. Esse passo é ainda mais essencial para quem usa o celular em público.

Dicas adicionais de segurança

Além destas dicas, é importante manter um bom antivírus profissional no seu celular, e um firewall sempre ativo. Outra ferramenta de segurança útil é a VPN profissional, que oferece criptografia adicional aos seus dados, protege sua conexão e informações como seu IP, além de oferecer maior privacidade para suas atividades online e limitar a capacidade de ataques contra seu dispositivo.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Na galeria, conheça a história de hackers famosos:

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.