Photo by Blake Wisz on Unsplash
Como evitar falsas promoções e golpes virtuais na “Semana do Brasil” Como evitar falsas promoções e golpes virtuais na “Semana do Brasil”

Nas últimas semanas, representantes do governo federal e empresários se reuniram para anunciar a criação da Semana do Brasil. Realizada entre 6 e 15 de setembro, a ação funciona de maneira parecida com a Black Friday, na qual os lojistas do varejo físico e online oferecem produtos com descontos e vantagens especiais.

Leia mais: 
Não caia em ciladas! Veja dicas práticas para aumentar sua segurança na internet
Menino de 13 anos hackeia drone para expor falhas de segurança na Internet das Coisas

Mas, para que os consumidores possam aproveitar melhor a data, é preciso ficar atento, pois ao mesmo tempo em que há itens com preços bem acessíveis, existem também falsas promoções e a ação de criminosos virtuais. Pensando nesse cenário, a Promobit – social commerce que reúne as melhores ofertas da internet – e a Konduto – empresa de antifraude para pagamentos online – listaram alguns cuidados para evitar que o consumidor caia em armadilhas e promoções falsas:

Formas de pagamento

“Desconfie de lojas que disponibilizam unicamente boleto bancário como forma de pagamento e não permitem pagamentos por cartão de crédito. Os e-commerces precisam cumprir uma série de exigências legais para poderem receber transações por cartão, um processo que seria extremamente oneroso para um fraudador”, afirma Tom Canabarro, co-fundador da Konduto. O cartão de crédito é sempre muito mais seguro e, em caso de fraude, o cliente tem o respaldo legal para pedir o ressarcimento do valor.

Preços muito abaixo do normal

“O ideal é sempre iniciar a pesquisa dos produtos de interesse dias antes do período de promoção, desta forma você consegue acompanhar as quedas de preço com mais precisão e ver se realmente vale a pena”, conta Fabio Carneiro, Head comercial e co fundador do Promobit.

Medidas de segurança

“O consumidor precisa tomar cuidado com e-mails falsos (phishing), manter um antivírus sempre atualizado no computador e no smartphone, e nunca deve enviar dados sensíveis de cartão de crédito (número, código CVV e validade) por e-mail, chat ou mensagem de texto”, ressalta Canabarro.

Locais de compra

“É importante também estar muito atento ao local onde é realizada a compra. Sites comprovadamente seguros, plataformas que confirmam a veracidade das promoções e também a segurança dos consumidores são os mais indicados. Sabemos que especialmente nessa época surgem diversos endereços eletrônicos que apresentam ofertas “imperdíveis”, e desta forma o consumidor fica mais suscetível a cair em golpes”, comenta Fabio, do Promobit.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

 
 
<
>
Menu