Cinco dicas para se destacar nos hackathons, as famosas maratonas de criação em tecnologia Cinco dicas para se destacar nos hackathons, as famosas maratonas de criação em tecnologia

Os hackathons, maratonas de criação em tecnologia, fazem cada vez mais parte das iniciativas de fomento à inovação de empresas. Apesar de não seguirem um formato padrão, esses eventos exigem muito fôlego dos participantes que passam horas a fio desvendando dados, sistemas lógicos e usando a criatividade para desenvolver soluções que façam os olhos das empresas brilharem.

Leia mais: 
Inspiração: conheça os maiores gênios da tecnologia
Álbum: WALL-E, Matrix e outros grandes filmes sobre tecnologia
10 palestras do TED sobre tecnologia que valem cada minuto

Renata Iwamoto é formada em engenharia elétrica pela Escola Politécnica da USP e participa de hackathons por lazer. Segundo ela, esses eventos permitem uma experiência profissional diferente, na qual os participantes aprendem muito na prática e o networking é incomparável. 

A engenheira foi contratada pela Ambev após sua participação na segunda edição do hackathon da cervejaria, em 2016. Seu projeto não foi o escolhido, mas o que contou para a companhia foi o seu desempenho ao longo da maratona. Renata elencou cinco dicas para aqueles que também desejam se destacar:

1) Vá para aprender
Tem que ir sem medo: o mais legal é o potencial de aprendizagem que o hackathon proporciona. Vá aberto para conhecer pessoas, se desenvolver e aceitar ideias. Não se apegue tanto ao curso de formação, nem mesmo área de atuação. O mais importante é querer fazer diferente!

2) É preciso ter afinidade com as funções desempenhadas no desafio
Tenha em mente que é preciso ter afinidade com as funções de gerente de projetos, desenvolvedor, designer ou mesmo empreendedor. Mas não esqueça de que estamos falando em afinidade. Não é preciso ter experiência nessas áreas.

3) Escolha bem seu time
Os participantes montam o grupo de maneira proativa, por isso é importante escolher um time com pessoas de diferentes perfis. A diversidade traz muito valor. Na Ambev, por exemplo, isso acontece na nossa rotina diária. A cervejaria acredita que um ambiente de trabalho mais diverso é propício para o surgimento de novas ideias.

4) Respeite todas as etapas
Cuidado com o desenvolvimento de cada etapa. É preciso escolher o problema dentro do tema proposto pela empresa, pesquisar as causas e validá-lo – fazer pesquisas na rua e falar com o público afetado.  Depois desses passos, faça um brainstorming com o time para pensar em possibilidades de solução.

5)  Construa uma apresentação matadora
Tão importante quanto ter uma boa ideia é saber explicá-la aos jurados. Apresente o projeto de forma clara e cronológica, incluindo as vantagens da solução para o negócio. Faça pesquisas na internet sobre pitch. Há muitas dicas sobre como se portar e apresentar.

Serviço: 
A Ambev está com inscrições abertas para o seu Hackathon 2017. O desafio do ano é: melhorar a experiência de consumidores na hora de beber cerveja.
Data: dia 5 e 6 de agosto
Local: Espaço CUBO – Rua Casa do Ator, 919, Vila Olímpia, São Paulo/SP
Inscrições: até 30 de julho no site www.ambev.com.br/hackathon

Menu