Photo by Josh Appel on Unsplash
Cashback: você sabe o que significa essa tecnologia? Cashback: você sabe o que significa essa tecnologia?

Programas de recompensa têm feito sucesso com os consumidores, chamando também a atenção dos lojistas por conta da inovação e pelo crescimento nos negócios. Entre eles, o que se destaca é o cashback. Nesse sistema, parte do valor total de uma compra feita por um cliente retorna para ele, e pode ser usado para realizar outras aquisições. Contudo, o consumidor só pode gastar essa quantia em estabelecimentos cadastrados.

Leia mais
Conheça 5 aplicativos para controlar suas finanças
Perfil no Instagram dá dicas de como economizar dinheiro
Em 12 tópicos, entenda de vez como funciona a moeda virtual Bitcoin

“O conceito de cashback já existe há alguns anos em países como Estados Unidos, mas apenas recentemente vem ganhando espaço no Brasil. Com o avanço da tecnologia, as soluções digitais, como as plataformas de recompensa, estão cada vez mais em ascensão e a tendência é que elas se popularizem ainda mais nos próximos anos”, explica Murilo Silvério, CEO da plataforma Beblue.

Pela facilidade de uso e pela quantidade de benefícios que trouxe para o consumidor, rapidamente formou-se uma rede de usuários que consomem com inteligência. Ao contrário dos programas de pontos, em que o cliente precisa esperar até juntar uma determinada pontuação para resgatar um produto ou serviço, no sistema de cashback o valor volta imediatamente para ele após a compra.

No caso da Beblue, os usuários têm um conforto a mais na hora de pagar com cashback: como todas as compras e os dados são registrados pelo banco do aplicativo, o lojista tem acesso a informações sobre o comportamento, as preferências e os padrões de consumo de seus clientes. Assim, podem conhecer a fundo seu público e criar campanhas personalizadas, além de ofertas mais assertivas.

Para o cliente final, o cashback oferece várias vantagens. Ao realizar compras que ele já faria normalmente, o consumidor tem ainda a oportunidade de receber uma porcentagem do que gastou de volta para acumular ou usar em uma nova compra. Dessa maneira, o cliente tem sempre uma boa razão para retornar e continuar a consumir no mesmo estabelecimento. Consequentemente, uma loja consegue aumentar seu mercado, fidelizar e trazer novos clientes, melhorar o seu ticket médio, gerar vendas incrementais, ajudar na ocupação do estabelecimento em dias ociosos, enfim a vender mais e melhor.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Abaixo, confira a evolução dos meios de pagamento:

 
 
<
>
Menu