Conheça sete caminhos para implementar Internet das Coisas na sua empresa Conheça sete caminhos para implementar Internet das Coisas na sua empresa

Conheça sete caminhos para implementar Internet das Coisas na sua empresa

CorporativoNegócios 29 de junho de 2017 Da Redação, com assessoria

Por conta dos avanços tecnológico dos últimos anos, muitas empresas estão buscando entender a aplicação da Internet das Coisas (IoT) em seu negócio. O objetivo? Agilizar e melhorar entregas e resultados. Mas este é um processo que pede cautela e maturidade. Daniel Moraes, gerente de Novos Negócios da Embraco, multinacional fabricante de soluções para a refrigeração e co-fundadora da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII), lista abaixo sete dicas sobre como iniciar os movimentos de IoT em sua companhia.

Leia mais: 
Baidu, Neurologic e outras empresas criam a primeira Associação Brasileira de Inteligência Artificial
Tinder do emprego: plataforma une empresas e candidatos ideais por “match”
10 dicas para pequenas empresas fazerem bom uso de dados

1 – Entenda a digitalização e todas as suas novas possibilidades como “core” da empresa, que faz parte dos produtos e principalmente dos serviços da sua organização.

2 – Busque caminhos que permitam a criação de soluções com a possibilidade de escala para massificar sua utilização. Se a empresa já conta com produtos e serviços com escala, as chances de sucesso na digitalização são maiores.

3 – Integre ao time de desenvolvimento áreas de conhecimento como TI, eletrônica, telecomunicações e, principalmente, do mercado no qual se pretende atuar. É importante considerar a participação de profissionais que possam auxiliar na experiência dos usuários que irão utilizar os produtos e serviços.

4 – Conheça o mercado e a realidade dos seus clientes. Tecnologia por tecnologia não agrega valor. A solução precisa trazer alguma melhoria operacional. O norte é sempre a necessidade do cliente e não a tecnologia mais impressionante.

5 – Empenhe-se no desenvolvimento do modelo de negócio. Defina o que será oferecido e para qual público. Enxergue oportunidades nos problemas que ocorrem no dia a dia dos seus potenciais clientes.

6 – Fique de olho em possíveis parcerias e não invente a roda – há tecnologia disponível no mercado que pode acelerar qualquer tipo de aplicação.

7 – Fique sempre muito perto do seu cliente, esclarecendo dúvidas e apontando os benefícios que o mundo digital pode trazer a ele. Afinal, a mudança cultural que sua empresa vai passar também irá ocorrer no seu cliente.

Menu