Tags

Notícias

Analfabetismo digital: 76% dos brasileiros não têm habilidades digitais básicas

Créditos: DepositPhotos
1 novembro, 2023
Da Redação

Em um mundo tão difundido de forma digital, pode ser meio difícil pensar que existe uma boa parte da população sem conhecimentos básicos para mexer na web. Mas tem. Cerca de 76% dos brasileiros, por exemplo, sofrem de analfabetismo digital. Não possuem habilidades básicas sobre o assunto.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Esse levantamento foi realizado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e apresentado no evento Huawei 25 anos. O conselheiro da pasta, Artur Coimbra, explicou que só 24% das pessoas têm entendimentos digitais básicos. Isso compreende habilidades de anexar documentos em e-mails e baixar aplicativos.

Quer saber tudo sobre Universo Sugar? Clique aqui e leia o e-book O Guia dos Sugar Daddy & Sugar Babies

Os dados apontam ainda que o Brasil está abaixo da média da América Latina, que tem 29% da população livre do analfabetismo digital, e de países que fazem parte da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), com 64% das pessoas com entendimentos básicos.

É importante destacar que essa é uma organização fundamental, porque tem o objetivo de criar padrões internacionais para que problemas relacionados com a economia sejam resolvidos.

O que fazer para melhorar dados de analfabetismo digital

Os índices brasileiros ficam ainda mais abaixo de médias internacionais quando o filtro passa a ser as habilidades intermediárias no mundo digital. Apenas 11% da população tem essa capacidade, enquanto na OCDE a média é de 40% e na América Latina é de 21%.

Artur Coimbra defende que, para que esse quadro possa melhorar, o governo precisa definir estratégias objetivas junto das empresas privadas que têm conhecimento de tecnologia. Para ele, só desse jeito será possível disseminar o conhecimento sobre o potencial do mundo digital.

Por isso, cada vez mais poderá ser comum ver novas parcerias nesse sentido. A própria Huawei, organizadora do evento, tem uma tecnologia chamada de IPv6 que atrai a Anatel.

Esse, na verdade, é um protocolo de camada de rede mais moderno que tem disponível no mercado. É com ele que é possível melhorar as transmissões de comunicações em uma rede.

Em abril, a companhia chinesa e a agência brasileira chegaram a discutir, em um fórum, sobre a necessidade do IPv6 no Brasil. Mas, de acordo com informações reveladas pelo veículo Poder360, as conversas não avançaram muito de lá para cá.

Agora, quem deseja mergulhar nesse universo digital precisa dar o primeiro passo. Buscar notebooks em promoção pode ajudar a garimpar bons preços para acabar com o alfabetismo digital da melhor maneira possível.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book sobre segurança na internet.